“Sim, vou candidatar-me”. Iker Casillas oficializa corrida à presidência da federação espanhola de futebol

O guarda-redes do FC Porto fez o anúncio oficial esta segunda-feira através de uma publicação na sua conta da rede social Twitter e será assim adversário do atual presidente Luis Rubiales.

Iker Casillas oficializou esta segunda-feira, 17 de fevereiro a candidatura à presidência da federação espanhola de futebol. O anuncio foi feito através de uma mensagem na sua conta da rede social Twitter. “Sim, vou candidatar-me à presidência da Real Federação Espanhola de Futebol quando se convocar em eleições. Juntos vamos por a nossa federação à altura do melhor futebol do Mundo: o de Espanha”, lê-se na publicação.

O guarda-redes dos ‘dragões’ adiantou também que já falou com o FC Porto sobre a sua decisão. “Informei o presidente do meu clube, FC Porto, sobre esta decisão, a quem só posso expressar o meu mais profundo agradecimento. Estamos a trabalhar com o máximo respeito na nossa candidatura. Mais de 23 mil eleitores esperam-nos numas eleições justas e transparentes. Obrigado a todos e todas pelo carinho. O vosso apoio e força animam-me”.

Com esta decisão o guarda-redes pode também ter anunciado um ponto final na sua carreira. Recorde-se que a 1 de maio de 2019, Iker Casillas foi internado de urgência após sofrer um enfarte do miocárdio. O guardião espanhol sentiu-se mal durante o treino dos portistas, que na altura informaram que Casillas “foi sujeito a um cateterismo num hospital do Porto e encontra-se estável”.

Em julho, Casillas acabou por ser integrado no staff azul e branco, enquanto recuperava do problema de saúde. “Vou fazer algo diferente do que habitualmente fazia, que era estar no terreno de jogo. Vou tentar fazer a ligação entre a equipa e o clube. O mister falou comigo na época passada quando aconteceu a minha situação e disse-me que queria que ficasse com eles, perto dos jogadores, perto dos jogadores mais novos, porque iriam existir várias mudanças. Vou tentar fazer o possível para ajudar os meus companheiros”, afirmou na altura em declarações ao “Porto Canal”.

Ler mais
Recomendadas

Ronaldo e companhia aceitam reduzir salários e Juventus poupa 90 milhões de euros

Pacto da direção do clube com os jogadores e equipa técnica passa por uma redução de salários entre março e junho deste ano.

“Se o Benfica queria fazer a OPA, agora pode fazê-la a um preço muito mais baixo”

“Transparência: foi isso que faltou em todo este processo”, sublinhou o consultor e advogado Luís Miguel Henrique sobre a OPA à SAD do Benfica. “Principais perdedores deste processo são quatro a cinco pessoais que perdem aqui o seu PPR”, considerou este comentador no programa “Jogo Económico”.

Covid-19: Hudson-Odoi, primeiro infetado na liga inglesa, já está recuperado

Hudson-Odoi, internacional inglês de 19 anos, estava a ser um dos jogadores regularmente utilizados por Lampard quando o campeonato foi suspenso devido à pandemia de covid-19, em 13 de março, numa altura em que o Chelsea seguia em quarto lugar.
Comentários