Sitel vai contratar 250 pessoas e a maior parte para teletrabalho

Operação de recrutamento realiza-se dia 20 de outubro e tem a forma de feira de emprego virtual. Carece de inscrição prévia.

Syone ©Luke Peters

O Sitel Group, especializado em serviços de Customer Experience Management (CX), anunciou esta quinta-feira, 14 de outubro, a contratação de 250 novos colaboradores, dos quais 190 para trabalhar em regime de teletrabalho e 60 para trabalhar em regime presencial nos centros de comunicação da empresa.

A operação de recrutamento, realiza-se dia 20 de outubro, e tem a forma sui generis de feira de emprego virtual, escolhida porque permite “alcançar uma maior diversidade de candidatos, numa altura em que o mercado de trabalho exige novos métodos e estratégias de recrutamento”. Para participar, os candidatos terão de se inscrever até dia 19, através de uma plataforma destinada ao efeito.

A empresa procura candidatos fluentes, a nível nativo, nos idiomas português, inglês, alemão, francês, espanhol, italiano e neerlandês. Irão desempenhar funções de Apoio ao Cliente nos setores da aviação, automóvel, helpdesk, sector financeiro e turismo e, também, para os departamentos de Recursos Humanos, Formação e Continuous Improvement.

Segundo informa em comunicado, a Sitel assegura formação aos novos colaboradores e garante benefícios ao nível da saúde e bem-estar, como seguro de saúde, apoio aos colaboradores com consultas gratuitas de medicina geral e psicologia, um programa de saúde e bem-estar (SitelFit), entre outros.

Segundo o documento, a Sitel Portugal contratou desde o início deste ano 550 colaboradores.

 

Recomendadas

Intel faz parceria com a Google Cloud para desenvolver nova classe de chips

Os novos chips permitirão construir centros de dados cheios de poderosos computadores físicos e vendem fatias virtuais dessas máquinas para outras empresas que, por sua vez, obtêm melhor retorno do investimento do que construir as próprias máquinas.

EDP e Sonatrach terminam parceria celebrada em 2007

Na sequência desta decisão, a EDP passa a ter o controlo total da central de ciclo combinado de gás natural Soto 4, em Espanha, com 426 megawatts de capacidade instalada, através da compra da participação de 25% detida pela Sonatrach.

BCP reduz despedimento coletivo para 23 pessoas

O BCP vai assim fechar o ano com menos 811 trabalhadores, revelou o CEO do BCP, confirmando a notícia avançada em primeira mão pelo Jornal Económico.
Comentários