Sitel vai contratar mais 500 pessoas até ao final de junho

Os novos recrutas começam a trabalhar diretamente em “home office”. Os candidatos deverão ser fluentes em idiomas, sendo os mais procurados o alemão, espanhol, francês, holandês, inglês e italiano.

O Sitel Group, que opera na área dos serviços de Customer Experience Management (CX), anunciou um novo processo de recrutamento com vista à contratação de 500 colaboradores durante os meses de maio e junho. A empresa contratou 200 pessoas em abril pretendendo recrutar 700 no total de três meses.

Os novos recrutas começam a trabalhar diretamente em “home office”, sendo as funções a desempenhar de apoio a clientes dos setores da banca, turismo e aviação e apoio técnico para sectores de streaming televisivo. Apesar de serem valorizadas candidaturas de quem já disponha de competências técnicas na área do Customer Care, a Sitel garante a formação necessária aos novos colaboradores.

São requisitos dos candidatos fluência a nível nativo nos idiomas de alemão, espanhol, francês, holandês, inglês e italiano.

“Quando entramos em processo de recrutamento, a nossa preocupação é perceber se os candidatos já têm algum tipo de formação, experiência ou capacidade no atendimento ao público e de que forma podemos potenciar isso para que possam fazer parte da nossa equipa. Para conseguirmos dar resposta às necessidades dos nossos clientes, precisamos de construir e manter continuamente uma equipa de excelência. Por isso, todos os colaboradores da Sitel recebem uma extensa formação, pois só assim asseguramos a criação de profissionais qualificados e especializados. Os nossos colaboradores são o espelho da nossa empresa e, por isso, contamos com eles para contribuir para o sucesso dos nossos clientes”, explica Benedita Miranda, general manager da Sitel em Portugal, Grécia e Itália.

Segundo a Sitel, a solução de teletrabalho usada – Sitel at Home™  – permite aos colaboradores estarem conectados em tempo real com a restante equipa; terem acesso a uma solução omnicanal, podendo comunicar através de voz, chat, social media, entre outros; terem formação online em tempo real, mandar emails, fazer videoconferências, de uma forma segura e protegida.

“A utilização das tecnologias aplicadas ao teletrabalho permite à Sitel prestar serviços de Customer Experience de forma otimizada, uma vez que proporciona uma maior flexibilidade na gestão dos clientes, uma redução de custos e a prestação dos serviços a partir de casa”.

A empresa conta atualmente com 3.500 colaboradores e tem entre os seus clientes marcas reconhecidas a nível mundial de diversas áreas como as tecnologias, viagens e turismo, financeira, eletrónica, automóvel, banca e de software, oferecendo recursos abrangentes de serviço ao cliente e soluções multicanal.

Ler mais
Recomendadas

Presidente da sociedade que tem 75% do Novo Banco estava no Deutsche Bank quando assessorou o Banco de Portugal na venda

O presidente da Nani Holding que é dona de 75% do Novo Banco, frisou que entrou só em 2019, dois anos e meio depois de ter sido assinado a venda do banco liderado por António Ramalho, em 2017.

Donos do Pine Cliffs e do Sheraton Cascais estão a recrutar pessoal para 260 postos na hotelaria

O grupo hoteleiro internacional mantém o desafio de abrir o Yotel Porto em tempo de pandemia.

NOS passa de prejuízos a lucros no primeiro trimestre de 2021

NOS fechou o primeiro trimestre com um lucro de 30,5 milhões de euros, assente no crescimento da receita e EBITDA nas comunicações. Serviços cresceram em todas as áreas, mas negócio dos cinemas impactou na operação. CEO da NOS considera os resultados “robustos”.
Comentários