“Situação é grave”. Universidade Católica anuncia aulas do segundo semestre em modelo remoto

“A situação do país é grave e temos de ajudar a limitar o potencial de transmissão”, justificou a reitora que foi investida a 23 de outubro do ano passado para um segundo mandato de quatro anos como reitora da Universidade Católica Portuguesa.

A Universidade Católica irá iniciar as aulas referentes ao segundo semestre, que se inicia a 1 de fevereiro, em modelo remoto e até ao final do período de confinamento, anunciou esta quarta-feira, através da rede social Twitter, a reitora da Universidade Católica Portuguesa, Isabel Capeloa Gil. Neste momento, a Universidade Católica encontra-se em período de avaliações.

“A situação do país é grave e temos de ajudar a limitar o potencial de transmissão”, justificou a reitora que foi investida a 23 de outubro do ano passado para um segundo mandato de quatro anos como reitora da Universidade Católica Portuguesa.

Esta quinta-feira haverá Conselho de Ministros e o Executivo está a avaliar a evolução da situação, os números de hoje da evolução da pandemia revelam novos recordes diários.

Esta quarta-feira, a Direção-Geral de Saúde confirmou mais 219 novas mortes e mais 14.647 casos confirmados. Atualmente existem 5.493 internados (mais 202), dos quais 681 estão em Unidades de Cuidados Intensivos (mais 11) e 428.364 casos recuperados em Portugal, mais 6.493 do que os registados ontem.

Na terça-feira, durante o debate sobre política geral na Assembleia da República, António Costa admitiu a possibilidade de se proceder a um encerramento de escolas caso fique demonstrado que a variante inglesa do novo coronavírus, que é mais contagiosa, se está a tornar dominante nos estabelecimentos de ensino

Ler mais
Recomendadas

Regresso à normalidade no ensino superior ainda não será este ano

As instituições de ensino superior não antecipam a retoma integral do ensino presencial até ao final do ano letivo, mas esperam que o plano de desconfinamento lhes permita voltar ao ensino misto rapidamente para recuperar aulas práticas.

Professores e diretores de escolas pedem para ser consultados na elaboração do plano de desconfinamento

Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas e Federação Nacional de Professores defendem que o Governo devia adotar medidas como testagem em massa nas escolas, bem como a da priorização dos professores quanto à vacinação.

“Sentimos que a indústria reconhece o valor da Universidade enquanto parceira”

Virgílio Cruz Machado destaca a importância de produzir ciência em parceria com o tecido industrial para que Portugal possa vir a posicionar-se melhor nos mercados internacionais. A Faculdade que dirige vai adotar a designação Nova School of Science and Technology para impulsionar a internacionalização.
Comentários