SL Benfica anuncia parceria de cinco anos com o banco WiZink (com áudio)

Programa de fidelização de sócios e adeptos do clube da Luz foi apresentado esta terça-feira no estádio do SL Benfica mas nenhuma das partes quiseram mencionar valores desta parceria.

5 – SL Benfica

O SL Benfica celebrou esta terça-feira uma parceria de cinco anos com o banco digital WiZink que visa o lançamento após o Verão de um programa de fidelização que é destinado a sócios e adeptos do clube da Luz.

No entanto, nem Domingos Soares de Oliveira, CEO da Benfica SAD nem Miguel Ángel Rodríguez Sola, CEO do WiZink, que apresentaram esta terça-feira este novo programa no Estádio da Luz, quiseram mencionar valores desta parceria.

“Esta parceria insere-se na política de trabalhar com as empresas líderes de mercado e que destacam pela componente inovadora com uma aposta no digital. O contrato tem a duração de cinco anos já que apostamos em parcerias de longa duração”, revelou Domingos Soares de Oliveira.

Miguel Ángel Rodríguez Sola, CEO do WiZink, revelou que a WiZink possui neste momento um marketshare de 27% em Portugal ao nível dos cartões de crédito e que esta parceria com o SL Benfica insere-se no desejo do banco digital em juntar-se “a um emblema com quem partilhamos valores”.

Em entrevista ao JE, este responsável anunciou ainda que o WiZink não pretende alargar esta parceria a outros clubes do espectro do futebol nacional.

Relacionadas

“Vamos anunciar novos patrocinadores este mês”, anuncia Domingos Soares de Oliveira

“Em junho, vamos anunciar o lançamento de 12 parcerias e esta com a WiZink é a primeira a ser anunciada. Vamos anunciar novos patrocinadores e a renovação com patrocinadores atuais”, revelou Domingos Soares de Oliveira esta terça-feira.

Benfica SAD vai lançar novo empréstimo obrigacionista na primeira quinzena de julho (com áudio)

Domingos Soares de Oliveira fez o anúncio à margem do anúncio da primeira de doze parcerias que irão ser firmadas em junho.
Recomendadas

Maiores bancos fecham primeiro semestre com menos 240 agências e 1.474 trabalhadores

Os cinco maiores bancos a operar em Portugal perderam 240 agências e 1.474 trabalhadores entre o primeiro semestre de 2020 e o mesmo período deste ano, segundo contas da Lusa com base nos dados divulgados pelas instituições.

Sete anos de resolução do BES: o que foi decidido?

O fim do Banco Espírito Santo foi decretado a 3 de agosto de 2014 por Carlos Costa, ex-Governador do Banco de Portugal. Conheça o que foi decidido nessa data em que o banco central colocou fim à instituição centenária fundada pela família Espírito Santo, considerada a última dinastia de banqueiros em Portugal.

Dos custos do Novo Banco às injeções de milhões. Sete anos depois, o que sobra da resolução do BES?

Os cálculos do Jornal Económico revelam que a capitalização do banco hoje liderado por António Ramalho somam 11.578 milhões de euros.
Comentários