SL Benfica fecha primeira volta a 7 pontos do FC Porto

O Benfica, que somou a 14.ª vitória consecutiva na prova, lidera o campeonato com 48 pontos, aumentando para sete a vantagem sobre o FC Porto, que perdeu hoje com o Sporting de Braga, enquanto o Sporting mantém o quarto lugar, com 29 pontos.

Football Soccer – Benfica v Besiktas – Champions League – Luz stadium, Lisbon, Portugal – 13/9/16. Benfica’s Franco Cervi celebrates after scoring a goal. REUTERS/Pedro Nunes EDITORIAL USE ONLY. NO RESALES. NO ARCHIVE.

Dois golos de Rafa garantiram hoje a vitória do Benfica no terreno do Sporting, por 2-0, em jogo da 17.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, com os ‘encarnados’ a aumentarem a vantagem na liderança do campeonato.

O internacional português, que tinha entrado em campo no decorrer da segunda parte, marcou o primeiro golo do jogo aos 80 minutos e aumentou a vantagem aos 90+9, garantindo os três pontos para o Benfica, que termina a primeira volta com 19 pontos de vantagem sobre o Sporting.

O Benfica, que somou a 14.ª vitória consecutiva na prova, lidera o campeonato com 48 pontos, aumentando para sete a vantagem sobre o FC Porto, que perdeu hoje com o Sporting de Braga, enquanto o Sporting mantém o quarto lugar, com 29 pontos.

FC Porto mais longe

O FC Porto sofreu hoje a segunda derrota na I Liga portuguesa de futebol, ao perder em casa com o Sporting de Braga por 2-1, num embate da 17.ª jornada em que desperdiçou duas grandes penalidades.

Fransérgio, aos cinco minutos, e Paulinho, aos 75, apontaram os tentos dos bracarenses, enquanto Soares marcou, aos 58, o golo dos locais, depois de, aos 56, falhar um penálti, repetindo o ‘feito’ de Alex Telles, aos 44.

Os ‘dragões’ mantiveram-se com 41 pontos e podem ficar a sete do líder Benfica, que se desloca hoje ao reduto do Sporting, enquanto o Sporting de Braga passou a somar 27, ao conseguir o terceiro triunfo em três jogos sob o comando de Rúben Amorim.

Ler mais
Recomendadas

Fisco investiga Federação de Futebol e Fernando Santos

Autoridade Tributária estará a debruçar-se sobre contratos em diversas áreas, o que inclui contratos com fornecedores, mas também de licenciamento e imagem de diversos jogos das principais equipas.

“Desiludido”. Manchester City vai recorrer para o TAS

“O Manchester City está desiludido, mas não surpreendido com a decisão da Câmara Adjudicatória do Órgão de Controlo Financeiro (CFCB) da UEFA. O clube soube, desde o início, da necessidade de procurar um órgão independente que julgasse imparcialmente as provas irrefutáveis a seu favor”, escreveram os ‘citizens’, em comunicado divulgado no site oficial.

Manchester City: clube mais gastador da década investiu mil milhões para montar atual plantel

Os ‘citizens’ precisaram de investir 1.014 milhões de euros em contratações de atletas para “montar” o plantel atual, de acordo com as contas feitas pelo Observatório do Futebol – CIES aos clubes das cinco maiores ligas europeias
Comentários