Só tem 500 GB para navegar pela Internet? Saiba o que consegue fazer com eles

O regresso dos limites de tráfego na Internet fixa em Portugal pode causar problemas a quem usa a Internet como fonte de entretenimento e não só. Fizemos contas para ver se 500 GB chegam mesmo.

Glenn Carstens-Peters/Unsplash

Nos últimos dias, tem-se falado muito acerca do regresso dos limites de tráfego de Internet em vários pacotes de acesso à Internet fixa em Portugal, o regulador acusou os operadores de oferecerem serviços mais caros e com menos qualidade. Os operadores negam, mas o que é um facto é que, pelo menos por agora, pelo menos um operador nacional impôs um limite de largura de banda de 500 GB num dos seus pacotes triple play (telefone, TV e Internet), a partir do qual o utilizador terá de pagar um extra.

Se for um daqueles utilizadores que só navega e envia e recebe email, se calhar não terá de pagar mais, mas quem é que só faz isso?

Investigámos um pouco para ver o que este limite de 500 GB chega realmente para os gastos de um utilizador comum numa altura em proliferam os serviços online.

Streaming

Alguns serviços dão informação acerca dos consumos de largura de banda, como é o caso do Netflix, que indica o consumo de dados consoante as opções de qualidade de imagem disponíveis:

Baixa — 0,3 GB por hora/dispositivo

Média — SD: 0,7 GB por hora/dispositivo

Alta — melhor qualidade de vídeo, até 3 GB por hora/dispositivo em HD e 7 GB por hora/dispositivo em Ultra HD

No caso do HBO, apenas existe informação disponível no site de apoio técnico, referente ao consumo de dados móveis quando se usa o serviço. Neste momento, o HBO apenas disponibiliza imagem 1080p na qualidade mais alta, mesmo em dispositivos com ecrãs com mais resolução. Como muitos dispositivos móveis têm ecrãs com menos píxeis, estes valores serão necessariamente mais baixos do que quando se utiliza por exemplo a aplicação do HBO numa smartTV.

O consumo situa-se entre os 600 e os 800 MB por cada episódio com um comprimento de 40 minutos.

Já no site americano do Disney+ existe informação completa acerca dos consumos de largura de banda em vários tipos de dispositivos:

Dispositivos móveis

Data Usage SettingHighest Video QualityHighest Audio QualityApproximate Data Usage per Hour
Stream over WiFi Only1080 HDDolby Atmos2.5 GB
AutomaticHDSurround Sound 5.12.0 GB
Save DataSDStereo0.6 GB

Dispositivos ligados directamente/Set-Top-Boxes

Data Usage SettingHighest Video QualityHighest Audio QualityData Usage per Hour
AutomaticUltra HD/4KDolby Atmos7.7 GB
ModerateHDSurround Sound 5.12.0 GB
Save DataSDStereo0.7 GB

Browsers web

Data Usage SettingHighest Video QualityHighest Audio QualityData Usage per Hour
Automatic1080 HDStereo4.2 GB
ModerateHDStereo1.2 GB
Save DataSDStereo0.6 GB

No caso do Amazon Prime Video, os consumos de largura de banda estão em linha com os anunciados por outros operadores:

Boa qualidade (SD) — 0,38 GB por hora
Qualidade melhorada — 1,4 GB por hora
Melhor qualidade — até 6,84 GB por hora (de 1080p a 4K)

O Apple TV+ não disponibiliza dados oficiais acerca dos consumos, mas em alguns sites, como o 9To5Mac e o Macrumours indicam cerca de 2 GB por hora para a qualidade máxima e 750 MB para a qualidade de imagem intermédia.

O Youtube não indica números de consumo, mas através da página com o guia de qualidade dos vídeos por resolução, consegue-se chegar à quantidade de dados que são consumidos por hora:

144p: Sem informação
240p: 225MB por hora
360p: 315MB por hora
480p: 562,5MB por hora
720p 30FPS: 1237,5MB (1.24GB) por hora
720p 60FPS: 1856,25MB (1.86GB) por hora
1080p 30FPS: 2,03GB por hora
1080p 60FPS: 3,04GB por hora
1440p (2K) 30FPS: 4,28GB por hora
1440p (2K) 60FPS: 6,08GB por hora
2160p (4K) 30FPS: 10,58GB por hora
2160p (4K) 60FPS: 15,98GB por hora

Streaming de áudio

Em Portugal estão disponíveis alguns serviços de streaming de áudio que também consomem largura de banda e contribuem para chegar ao limite dos 500 GB:

O Spotify tem três níveis de qualidade de som que gastam:

40MB/hora (qualidade normal)
70MB/hora (alta qualidade)
150MB/hora (qualidade extrema)

Apple Music

Como é habitual na Apple, há pouca informação acerca de quanto é que este serviço gasta por hora, mas sabe-se que se só ouvir música com bitrate de 256 kbps vai consumir 115 MB por hora, logo, para gastar 1 GB terá de ouvir música durante 8 horas e meia.

Tidal

Este é um dos dois serviços de streaming de música disponíveis em Portugal que disponibilizam música com compressão sem perda de qualidade. Naturalmente isto tem um preço, tanto monetário, como em largura de banda gasta. Assim, se ouvir uma hora de música na qualidade mais alta vai gastar 144 MB de dados por hora.

Jogos online

Os dados apresentados em relação ao consumo de largura de banda quando se joga online foram recolhidos em vários fóruns de jogos XBox Live, Playstation 4, Nintendo Switch e PC são do ano passado, mas, mesmo assim, com estes consegue-se ter uma ideia mais ou menos precisa acerca do que cada jogo gasta e fazer as contas ao mês.

Battlefield V: O Battlefield V usa cerca de 150 MB por hora num servidor com 64 pessoas a jogar simultaneamente.

Call of Duty: Black Ops 4: Black Ops 4, este jogo consome 40 MB por hora. Alguns modos de jogo consomem mais porque há mais jogadores simultâneos. Por exemplo no modo Battle Royale, que pode chegar a 100 jogadores simultâneos, são gastos 80 MB por hora.

DotA 2: Uma partida de 40 minutos gasta entre 50 e 100 MB. 1 GB de tráfego corresponde entre 10 a 20 partidas.

Fallout 76: Uma hora de jogo corresponde a 60 MB. No entanto este valor dependerá de vários factores e pode ser maior dependendo da situação e da quantidade de jogadores.

FIFA 19: Este clássico dos jogos de futebol pode consumir entre 20 a 30 MB por hora quando se joga online.

Fortnite: Nos fóruns da Epic, vários utilizadores reportaram consumos entre os 45 e os 100 MB por hora.

League of Legends: Uma partida entre os 30 e os 40 minutos de duração pode chegar aos 100 MB de dados consumidos. Este valor dependerá sempre do modo e da quantidade de jogadores simultâneos.

PlayerUnknown’s Battlegrounds: Vários utilizadores reportaram que as partidas com durações entre os 20 e os 30 minutos consomem entre os 15 e os 50 MB. Estes valores dependem da plataforma usada e das definições do jogo.

Red Dead Online: Este jogo pode chegar facilmente aos 150 MB por hora ou mais. Existem relatos de utilizadores que chegaram a a gastar cerca de 30 GB por dia só com este jogo.

World of Warcraft: Warlords of Draenor: No WoW a forma como jogo determina a quantidade de dados que são consumidos. Se jogar a solo e não vender muitos objectos vai gastar poucos MB. Se gostar de fazer raids o tráfego chega aos 25 MB por hora, já uma batalha PvP 30 contra 30, gasta cerca de 160 MB.

Nesta pequena viagem pelos consumos de várias aplicações populares ficaram de fora algumas coisas que muita gente faz todos os dias na Internet, como os downloads de legais (e ilegais), actualizações de jogos e dos vários sistemas operativos dos dispositivos que tiver em casa

Como fazer as contas

Neste caso, as contas são simples: saiba quanto tempo em horas por dia usa em média cada um dos serviços e multiplica esse valor pelo consumo e depois por 30. Se usar mais do que um destes serviços terá de repetir essa conta para cada um e somar os vários resultados.

Mas, como já deve ter percebido, os 500 GB que são oferecidos ficam muito curtos na grande maioria dos cenários de utilização.

PCGuia
Ler mais
Recomendadas
eleições_legislativas_voto_urna_votar

Presidenciais: Plataformas de transporte têm promoções para portugueses irem votar no domingo

De descontos de seis euros a 50% de desconto em viagens de carro em todo o país, até um limite de três euros e viagens grátis em todas as trotinetes elétricas em Lisboa, a Bolt e Free Now organizaram campanhas promocionais para que os portugueses se possam deslocar às urnas no dia 24 de janeiro.

80% das autarquias indexa fatura dos resíduos ao consumo de água. Deco Proteste quer revisão da tarifa

“Quem cumpre e separa os resíduos, com a preocupação de defender o ambiente, paga o mesmo de quem é indiferente ao problema da sustentabilidade”, aponta a Deco Proteste que defende a revisão do cálculo da tarifa dos resíduos.

Saiba como recapitalizar as suas finanças em tempos de crise

Com cada vez mais cidadãos confrontados com a redução dos seus rendimentos, por via do desemprego, do lay-off, do fecho da sua atividade, do corte das comissões, entre outras situações, importa saber quais as medidas existentes e os comportamentos a adotar para ultrapassar estas dificuldades financeiras ou até mesmo para recapitalizar as suas finanças em tempos de crise.
Comentários