PremiumSoft Sponsoring. Publicidade escondida com o carro de fora

Dezenas de marcas de automóveis estão a apostar numa estratégia de marketing dirigida à mente dos consumidores quando estão atentos ao que se passa no pequeno ecrã. É uma publicidade visível, mas que passa despercebida porque os produtos exibidos se confundem com os protagonistas das telenovelas ou dos programas de entretenimento.

James Bond não rima com Aston Martin. Mas no cinema o desportivo de luxo confunde-se com o charme e a irreverência do espião dos Serviços Secretos de Informação de Sua Majestade, também conhecidos como MI6.  No pequeno ecrã, a atriz Débora Monteiro entra no KIA onde João e Lisete se encontram pela primeira vez. Bem-disposta, coloca o cinto de segurança e diz aos participantes do programa “O Carro do Amor”, da SIC, que estão “com um sorriso ótimo”. Esta foi apenas uma das 571 inserções dos carros da marca sul-coreana no programa de encontros daquele canal de televisão generalista.

Entre janeiro e junho de 2019, foram 52 as marcas de automóveis que apostaram no soft sponsoring para comunicarem com o mercado nacional. Segundo a análise do Grupo Marktest a que o Jornal Económico teve acesso, os modelos de automóveis de diversos segmentos apareceram em mais de 250 programas de informação, entretenimento ou ficção, num total de 20 horas, seis minutos e 56 segundos de exposição que lhes valeram mais de 65 milhões de euros em retorno financeiro, calculado com base nos preços de tabela publicitária de cada meio.

O soft sponsoring é uma estratégia de marketing com a qual as marcas integram produtos ou serviços em determinado conteúdo de entretenimento, como um filme, uma novela ou um reality show, entre outros. “É uma forma alternativa de comunicar e permite impactar o consumidor num momento em que está com elevada predisposição para assimilar a comunicação da marca”, explica Luís Mergulhão, CEO da Omnicom Media Group, empresa especializada em marketing e publicidade.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

Recomendadas

PremiumComic Con Portugal. Personagens da cultura pop voltam a sair do papel

Depois de receber mais de 108 mil visitantes em 2018, a Comic Con Portugal volta na quinta-feira ao Passeio Marítimo de Algés cheia de surpresas. Música, cinema e concursos de fatos constam do programa de um evento que contará, entre outros, com a ‘Eleven’ da série “Stranger Things”.

PremiumIdan Ofer. Magnata israelita pôs o Famalicão à frente da Liga

Desafiado por Jorge Mendes a investir no futebol nacional, o acionista do Atlético Madrid comprou a sociedade anónima desportiva do Famalicão, apostou na subida de divisão e, concretizado esse passo, encheu o plantel com jovens emprestados por gigantes europeus ligados ao superagente. Chega à quarta jornada da Liga NOS empatado com o Sporting na liderança.

Premium70 anos da Santini. Como a teoria do Big Bang se pode aplicar aos gelados artesanais

Desde o avô Attilio, desde a Cortina d’Ampezzo, a história da mais famosa gelataria portuguesa está a comemorar a partir desta semana o seu 70.º aniversário e já vai para a quarta geração dentro da família. O grande salto de expansão da cadeia foi dado, há cerca de 12 anos, com a parceria com a família Botton. Os novos desafios passam por mais lojas em Lisboa, Porto e Algarve, bem como a entrada nos mercados internacionais.
Comentários