Sonae Capital investe 17,5 milhões de euros em nova marca de hotelaria

Num comunicado, a Sonae Capital Hotelaria disse que esta marca apresentada “no momento de retoma do turismo”, assume “um posicionamento mais ambicioso e de maior implementação no mercado nacional, com duas aberturas previstas em Lisboa e Porto nos próximos meses, a totalizar oito unidades sob a nova chancela”.

A Sonae Capital está a investir 17,5 milhões de euros numa nova marca de hotelaria, chamada The Editory Collection Hotels, projetando atingir 600 quartos até 2025, adiantou à Lusa fonte oficial da empresa.

Assim, de acordo com a mesma fonte, o investimento já efetuado e em curso da Sonae Capital neste projeto atinge os 17,5 milhões de euros, com o objetivo de chegar a uma dezena de unidades e 600 quartos em 2025.

“O posicionamento é claramente de expansão. Estamos recetivos a propostas para avaliarmos essa expansão, cuja meta não está definida para além do já referido”, adiantou a mesma fonte.

Num comunicado, a Sonae Capital Hotelaria disse que esta marca apresentada “no momento de retoma do turismo”, assume “um posicionamento mais ambicioso e de maior implementação no mercado nacional, com duas aberturas previstas em Lisboa e Porto nos próximos meses, a totalizar oito unidades sob a nova chancela”.

As oito unidades em causa são “o Porto Palácio Hotel by The Editory, Aqualuz Hotels by The Editory (Troia, Lagos), The Editory by the Sea (Troia, Comporta), The Editory Artist (Baixa, Porto), The Editory House (Ribeira, Porto), The Editory Riverside (Santa Apolónia, Lisboa) com abertura prevista para outubro, The Editory Boulevard (Aliados, Porto) a inaugurar nos primeiros meses de 2022” e os apartamentos turísticos sob gestão em Tróia – Troia Residence by The Editory, adiantou a empresa.

A Sonae lançou ainda um novo site para as unidades hoteleiras.

“Após mais de 35 anos de experiência em hotelaria e com um crescimento da nossa quota de mercado, que aponta para uma dezena de hotéis a curto prazo, há muito que a criação de uma marca transversal se impunha”, disse destaca Isabel Tavares, diretora de Marketing e Vendas da Sonae Capital Hotelaria, citada na mesma nota.

“The Editory é uma marca que nasce para reposicionar os nossos hotéis no mercado no momento em que nos preparamos para abrir mais duas unidades nos principais centros urbanos do país”, ou seja, Lisboa e Porto contando com uma oferta “adaptada às tendências da atualidade e com foco na expansão”, garantiu.

Recomendadas
João Paulo Correia

Novo Banco: PS acusa PSD de querer ganhar na secretaria o que não ganhou com inquérito

“O Partido Socialista esperava da parte do PSD uma posição mais responsável e mais construtiva nesta fase do inquérito. O PSD sente-se tentado a ganhar na secretaria aquilo que não foram os ganhos que espera ter durante os trabalhos do inquérito”, afirmou o deputado socialista João Paulo Correia.

5G: Propostas seguem nos 337,7 milhões no 134.º dia de licitação principal do leilão

Se tivesse terminado esta sexta-feira, o Estado teria arrecadado mais de 422 milhões de euros (incluindo a licitação dos novos entrantes de 84,3 milhões de euros), bastante acima do montante indicativo de 237,9 milhões de euros.

McKinsey defende importância do investimento em ativos intangíveis para o crescimento das empresas

Empresas que estão entre as 10% que mais crescem investem 2,6 vezes mais em ativos intangíveis do que as restantes 50% que menos crescem, revela estudo da consultora. Exemplo de ativos intangíveis são a propriedade intelectual, a pesquisa, a tecnologia e software e o capital humano.
Comentários