Sonae cria 300 postos de trabalho com expansão dos centros de distribuição da Azambuja

A Sonae MC anunciou hoje um investimento de 50 milhões de euros na expansão dos centros de distribuição da Azambuja, distrito de Lisboa, que criou 300 postos de trabalho, e da Maia, no Porto, que avança no próximo ano.

“O projeto resulta de um investimento da Sonae MC na expansão dos entrepostos da Azambuja e da Maia, este último previsto para 2022, em cerca de 50 milhões de euros, entre estrutura e equipamentos”, anunciou, em comunicado, a empresa.

A expansão do centro da Azambuja, que conta com 70.000 metros quadrados (m2), criou 300 postos de trabalho e vai aumentar a capacidade de abastecimento às lojas Continente no Centro e Sul de Portugal, bem como Açores e Madeira.

Segundo os dados divulgados pela empresa, todos os dias saem mais de 9.000 paletes de produtos para abastecer as lojas Continente.

O projeto de ampliação deste entreposto contempla a integração do novo centro de pescado, bem como uma nova unidade de acondicionamento e preparação de peixe refrigerado.

A Sonae MC pretende assim concentrar o envio de frescos das lojas a Sul no mesmo local, permitindo uma redução de 20% das entregas e de 1.400.000 quilómetros percorridos por ano, o equivalente a uma poupança anual de 1.100 toneladas de dióxido de carbono (CO2).

“Com este novo edifício conseguimos melhorar as condições em que mais de 1.100 pessoas aqui trabalham, através da melhoria das condições ergonómicas das suas funções e da qualidade das zonas sociais. Permite-nos ainda um maior volume de produção, rapidez e frescura na entrega às nossas lojas e garante uma melhoria substancial da sustentabilidade da operação”, afirmou, citado no mesmo documento, o administrador da Sonae MC, Miguel Águas.

A Sonae MC tem mais de 1.000 lojas, entre Continente, Continente Modelo, Continente Bom Dia, Continente ‘Online’, Meu Super, Go Natural e Bagga.

No que se refere à logística, a empresa conta com cinco entrepostos, onde trabalham 2.500 colaboradores.

Anualmente, são circuladas nestes espaços 300 milhões de caixas, que são entregues a 1.300 lojas em Portugal.

Recomendadas

Advogado de Neymar ao JE: “Em vinte anos, contratos dos futebolistas passaram de três para 100 páginas”

Em entrevista exclusiva ao programa “Jogo Económico”, da plataforma multimédia JE TV, Marcos Motta fala sobre este conceito, da forma como a indústria do futebol tem evoluído nos últimos anos e como as transferências efetuadas na pandemia já mostram como poderá este negócio evoluir nos próximos tempos.

EuroBic com prejuízos de 7,4 milhões de euros no primeiro semestre

O EuroBic registou prejuízos de 7,4 milhões de euros no primeiro semestre, graças a imparidades de ativos financeiros não mensurados pelo justo valor de 13,5 milhões de euros.

Empresas vão receber mais de 12 mil milhões de euros do PRR e do Portugal 2030

As verbas acumuladas dos dois programas perfazem um acréscimo de 75% face ao que as empresas receberam no Portugal 2020, realçou ainda Nelson de Souza, esclarecendo que, nos próximos quadros de financiamento, vai “haver muito mais incentivos às empresas para a área das alterações climáticas”.
Comentários