Sonae Sierra inaugura o seu primeiro centro comercial na Colômbia

O Jardín Plaza Cúcuta, localizado na cidade colombiana de Cúcuta, custou 52 milhões de euros e assume-se como o maior centro comercial da cidade, criando 3.500 postos de trabalho diretos e indiretos.

A Sonae Sierra abre esta quarta-feira o seu primeiro centro comercial na Colômbia. O Jardín Plaza Cúcuta, localizado na zona oriental da cidade de Cúcuta, custou 52 milhões de euros, com uma área de 40 mil metros quadrados e um conceito arquitetónico em que predominam os espaços a céu aberto.

A Sonae Sierra e a colombiana Central Control, ambas dedicadas ao desenvolvimento e gestão de centros comerciais, escolheram a capital do Norte de Santander para o desenvolvimento deste projeto estrategicamente localizado no anel rodoviário oriental de Cúcuta, segundo um comunicado divulgado pela companhia esta quarta-feira.

“Um terceiro investidor, a PEI (Patrimonio Estrategias Inmobiliarias), um veículo de investimento imobiliário líder na Colômbia, acaba de se associar à joint venture, reforçando assim a robustez do centro comercial, que trará benefícios, não só para os visitantes, como também, para os negócios locais e nacionais”, revela a Sonae Sierra.

Este centro comercial vai contar com 180 lojas de marcas locais, nacionais e internacionais, que vão ao encontro dos gostos e preferências dos habitantes de Cúcuta, sendo um importante polo económico, permitindo a criação de cerca de 3.500 empregos diretos e indiretos na cidade, a juntar aos 1.500 postos de trabalho criados durante a fase de construção.

Tiago Eiró, diretor geral da Sonae Sierra na Colômbia, realça que “o Jardín Plaza constitui um novo conceito de comércio e de lazer na cidade de Cúcuta. Estamos a criar muito mais do que um centro comercial. É um local onde os visitantes podem relaxar, passear, encontrar-se com amigos para uma refeição, desfrutar de concertos e espetáculos ao vivo e assistir a todo o tipo de eventos. Estamos muito orgulhosos do nosso primeiro projeto na Colômbia”.

Esta segunda-feira a Sonae Sierra terá cancelado a venda do Arrábida Shopping e do Gaia Shopping. A empresa pretendia vender os centros comerciais por cerca de 250 milhões de euros, mas percebeu que o mercado de imobiliário para o segmento alto do setor retalho comercial no país pode ter atingido o seu pico.

Estes ativos foram colocados no mercado durante um ano considerado recorde para o segmento do retalho comercial. A falta de procura terá ajudado a esta conclusão.

Ler mais
Recomendadas

CDS quer actualização do Plano de Contingência para controlo da Xylella fastidiosa

Os deputados do CDS-PP Patrícia Fonseca, Ilda Araújo Novo e Hélder Amaral querem saber se está já em curso alguma actualização ao Plano de Contingência para controlo da Xylella fastidiosa e seus vectores, elaborado em 2016, e se não, para quando está pensada essa actualização. E enviaram a pergunta ao ao ministro da Agricultura, Florestas […]

Crise dos Combustíveis. CAP aconselha agricultores a “constituírem reservas e tomar medidas de prevenção”

Afinal a crise dos combustíveis não chegou ao fim. Sem conseguir um acordo com a Antram — Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias, o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) anunciou uma greve “cirúrgica” ao trabalho suplementar, feriados e fins-de-semana, entre 7 e 22 de Setembro. Por isso a CAP — […]

SIC e RTP1 foram os canais que mais peças emitiram sobre as eleições europeias

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social concluiu que o canal do grupo Impresa divulgou 189 peças com a presença de candidaturas às eleições para o Parlamento Europeu, que representam menos de 3% do tempo total de noticiários analisados.
Comentários