Sonangil investe 2,5 milhões de euros e cria 35 empregos com nova fábrica de betão em Sines

A Sonangil Betão escolheu a Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS) para a instalação de nova unidade industrial, uma central de betão pronto e instalações de apoio à construção civil.

A Sonangil Betão escolheu a Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS) para a instalação de nova unidade industrial, uma central de betão pronto e instalações de apoio à construção civil. A nova unidade industrial irá localizar-se no lote 11 do loteamento E da zona 1 da ZILS e tem como objetivo “dinamizar este ramo de negócio no concelho de Sines e zonas limítrofes, onde a empresa expande a sua atividade”.

O investimento foi de aproximadamente 2,5 milhões de euros e implicou a criação de cerca de 25 postos de trabalho diretos e 10 indiretos nas atividades de apoio.

“O espaço servirá igualmente de base de apoio a uma outra empresa do grupo (Sonangil SA) especializada em todo o tipo de construção civil e obras públicas com até mais 50 trabalhadores que serão necessários para satisfazer as necessidades de duas obras já adjudicadas no concelho de Sines (Porto Côvo) e outra em Alcácer do Sal no valor aproximado de três milhões de euros”, adianta um comunicado da empresa.

A Sonaguil refere ainda, na nota tornada pública esta quarta-feira, que tem expetativas de “outras tantas obras em orçamentação para este concelho e limítrofes, de modo a expandir a sua atividade nesta região”.

A nova unidade industrial da Sonangil na ZILS irá ocupar cerca de um hectare do espaço gerido pela aicep Global Parques.

Recomendadas

Arábia Saudita: empresas portuguesas identificam potenciais parcerias

A missão empresarial organizada pela AEP decorreu entre os passados dias 7 e 10 de outubro, contando com seis empresas nacionais do setor da construção, que participaram na feira ‘Saudi Build & Stone Tech 2019’.

Construtora Mota-Engil coloca uma emissão de 75 milhões em obrigações para os pequenos investidores

O pagamento da taxa de juro bruta é de 4,375%. A oferta pública de subscrição arranca na próxima segunda-feira, dia 14 de outubro e termina no dia 25 do mesmo mês.

Produção na construção registou variação homóloga de 2,9% no mês de agosto

Este ligeiro abrandamento foi determinado pelo segmento da engenharia civil que apresentou uma variação de 3,2%, 0,3 pontos percentuais inferior à observada no mês de julho.
Comentários