Sonangil investe 2,5 milhões de euros e cria 35 empregos com nova fábrica de betão em Sines

A Sonangil Betão escolheu a Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS) para a instalação de nova unidade industrial, uma central de betão pronto e instalações de apoio à construção civil.

A Sonangil Betão escolheu a Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS) para a instalação de nova unidade industrial, uma central de betão pronto e instalações de apoio à construção civil. A nova unidade industrial irá localizar-se no lote 11 do loteamento E da zona 1 da ZILS e tem como objetivo “dinamizar este ramo de negócio no concelho de Sines e zonas limítrofes, onde a empresa expande a sua atividade”.

O investimento foi de aproximadamente 2,5 milhões de euros e implicou a criação de cerca de 25 postos de trabalho diretos e 10 indiretos nas atividades de apoio.

“O espaço servirá igualmente de base de apoio a uma outra empresa do grupo (Sonangil SA) especializada em todo o tipo de construção civil e obras públicas com até mais 50 trabalhadores que serão necessários para satisfazer as necessidades de duas obras já adjudicadas no concelho de Sines (Porto Côvo) e outra em Alcácer do Sal no valor aproximado de três milhões de euros”, adianta um comunicado da empresa.

A Sonaguil refere ainda, na nota tornada pública esta quarta-feira, que tem expetativas de “outras tantas obras em orçamentação para este concelho e limítrofes, de modo a expandir a sua atividade nesta região”.

A nova unidade industrial da Sonangil na ZILS irá ocupar cerca de um hectare do espaço gerido pela aicep Global Parques.

Recomendadas

Número de edifícios concluídos e licenciados aumentam no terceiro trimestre de 2018

Edifícios licenciados cresceram 16,3% face ao período homólogo (+20,3% no segundo trimestre de 2018), correspondendo a 5,3 mil edifícios. Já os edifícios concluídos subiram 12,3% (+17,9% no segundo trimestre de 2018) perfazendo um total de 3,9 mil edifícios.

Setor da construção apresenta plano estratégico até 2030

O documento será conhecido esta tarde, durante o 7º Fórum da PTPC, que decorrerá a partir das 14h30m, no grande auditório do LNEC – Laboratório Nacional de Engenharia Civil, em Lisboa.

Índice de produção na construção cresceu 4,5% no mês de outubro

O Índice de Produção na Construção registou uma taxa de variação homóloga de 4,5% em outubro face aos 4,2% de setembro. Já os índices de emprego e de remunerações cresceram 3,2% e 4,0% (2,6% e 3,1% em setembro), respetivamente.
Comentários