Spotify vai chegar a Cabo Verde, Angola, Macau e 82 outros países

A inclusão dos novos mercados vai permitir à plataforma aceder a mais de mil milhões de pessoas, já que quase duplica o número de países e territórios onde está presente, que chegará aos 178.

O serviço de streaming de música anunciou um plano de expansão onde pretende iniciar operações em 80 países. Um plano que pretende angariar mais de mil milhões novos utilizadores. Com os novos países, a plataforma estará disponível em 178 nações em todo o mundo, e terá uma cobertura geográfica maior do que sua principal concorrente, a Apple Music, que está em 167 países.

Entre os países africanos com maior população que vão ser incluídos destacam-se a Nigéria, a Tanzânia e o Uganda, mas o Spotify também vai chegar, por exemplo, a Macau, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Angola e Timor-Leste. Assim como acontece nos países em que a plataforma está atualmente presente, entre os quais Portugal, haverá duas modalidades: uma subscrição gratuita e outra paga.

O repositório musical a nível mundial vai ser disponibilizado aos países mais recentes, mas a empresa anunciou também a intenção de expandir o reportório através da colaboração com artistas locais. Assim como também acontece em Portugal, as recomendações serão adaptadas aos utilizadores de cada país.

No final de 2020, o Spotify tinha 345 milhões de utilizadores ativos, incluindo 155 milhões com subscrição paga, números que fazem com que seja, de longe, a plataforma de música líder a nível mundial.

O grupo sueco revelou, ainda, uma série de novos recursos para criar e monetizar os seus conteúdos. O primeiro deles é o Spotify HiFi, um serviço de áudio de alta resolução e melhor qualidade de som que estará disponível para assinantes da versão premium em mercados selecionados “ainda este ano”.

“O áudio é a nossa história e o nosso futuro. Nossa plataforma conecta os ouvintes com a arte que eles amam”, afirmou Daniel Ek, CEO e cofundador do Spotify.

Outra novidade é a parceria com a Warner Brothers e os estúdios DC Comics, que levará o universo das histórias de BD para o áudio e, para os podcasters, uma parceria com o WordPress, onde se pretende transformar automaticamente conteúdos de texto em áudio.

Ler mais
Recomendadas

Marcelo Rebelo de Sousa vence prémio da CPLP 

Segundo o embaixador Francisco Ribeiro Telles, “o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa foi escolhido por consenso” entre os membros do júri, os embaixadores dos nove Estados-membros da CPLP.

Portugal vai entregar 60 mil testes à Covid-19 a Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe

As três nações dos PALOP recebem o material de diagnóstico e rastreio ao coronavírus entre esta sexta-feira e sábado.

Cabo Verde projeta hospital de 65 milhões de euros para melhorar cuidados de saúde

O processo para a construção do Hospital Nacional de Cabo Verde (HNCV) começou há cerca de dois anos, com a assinatura de um memorando de entendimento entre o Governo de Cabo Verde e a Santa Casa da Misericórdia do Porto (Portugal).
Comentários