Standard & Poor’s volta a subir rating do Banco BPI

Agência destaca a sólida posição do BPI no negócio de banca comercial em Portugal e uma qualidade dos ativos melhor do que os competidores domésticos.

Cristina Bernardo

O BPI informou em comunicado que a agência de rating S&P Global Ratings melhorou o rating da dívida de longo prazo do Banco de BBB- para BBB, o que significa uma subida de mais um nível na escala de grau de investimento. “O ‘Outlook’ (perspetivas de evolução) para a notação de rating é ‘Estável’. A S&P já tinha subido o rating da dívida de longo prazo do BPI em 19 de Setembro de 2017 (melhoria do rating de BB+ para BBB-). Em 17 de Setembro de 2018 passou o ‘Outlook’ do rating do BPI de ‘Estável’ para ‘Positivo’, sem alterar as notações de rating”, recorda o banco espanhol.

A S&P Global Ratings destaca “a sólida posição do BPI no negócio de banca comercial em Portugal, uma qualidade dos ativos melhor do que os competidores domésticos, uma reduzida dependência dos mercados de dívida e uma liquidez adequada”. A S&P Global Ratings considera o BPI como uma subsidiária com importância estratégica elevada para o CaixaBank.

A S&P Global Ratings melhorou também a notação da dívida de curto prazo do Banco de A-3 para A-2.

O Banco BPI detém classificações de nível de investimento (‘investment grade’) da sua dívida de longo prazo pelas três principais agências internacionais de rating – Moody’s (Baa2), Standard & Poor’s (BBB) e Fitch (BBB). Estas classificações são um forte sinal da solidez do Banco e da sua capacidade de apoiar a economia portuguesa.

Recomendadas

Sindicatos chegam a acordo com Transtejo e Soflusa e equacionam levantar greve

Os sindicatos dos trabalhadores da Transtejo e Soflusa aceitaram esta segunda-feira um aumento de 28 euros para todas as categorias.

Reformados do BCP exigem aumentos das pensões

A moção com esta exigência foi aprovada em reunião em 18 de julho, referindo essa moção que estes reformados que, ao contrário dos outros pensionistas bancários, não vêem as pensões atualizadas desde 2010.

EuroBic também anuncia Verão sem gravata

Mais um banco a aderir à moda de deixar de obrigar ao uso da gravata. Desta vez é o EuroBic, depois do Montepio e do BCP. Lá fora a moda parece ter vindo para ficar.
Comentários