Startup Barkyn fecha ronda de investimentos série A com cinco milhões de euros

Apesar da pandemia da Covid-19, a empresa garante que o impacto da quarentena nos países onde opera foi positivo para o negócio por se tratar de uma empresa exclusivamente online.

Barkyn

A startup portuguesa Barkyn, que realiza entrega de alimentação personalizada para animais de estimação e assistência veterinária 24 horas por dia em Portugal, Espanha e Itália, fechou uma ronda de investimentos da Série A no valor total de cinco milhões de euros.

O encerramento da ronda série A foi anunciada no evento Collision from Home, irmão da Web Summit em Toronto, por Stephan Morais, managing general partner da Indico Capital Partners, fundo que liderou a ronda. A ronda foi também co-liderada pela espanhola All Iron Ventures, com participação da Portugal Ventures e do Fundo 200M.

A atual ronda de investimento serve como uma oportunidade para a startup criada por André Jordão e Ricardo Macedo completar a transição da venda de produtos de terceiros para a sua própria linha de ração e brinquedos para animais de companhia.

Atualmente a Barkyn opera em Itália, Espanha e Portugal e já serviu mais de 40 mil famílias e animais de estimação desde 2017, quando a empresa foi fundada. Desde então, a startup triplicou a sua receita no primeiro trimestre de 2020, em comparação com o período homólogo do ano anterior.

Apesar da pandemia da Covid-19, a empresa garante que o impacto da quarentena nos países onde opera foi positivo para o negócio por se tratar de uma empresa exclusivamente online, com muitas famílias a transferir as compras do retalho físico para o modelo online da Barkyn.

Além do investimento ser utilizado para acelerar a transição de produtos de terceiros para a linha da Barkyn, a empresa também vai expandir a oferta de produtos e aperfeiçoar a experiência integrada que os clientes esperam. A startup espera ainda aumentar a penetração de mercado com novos segmentos de clientes.

“O mercado de animais de estimação está a expandir-se mundialmente, sendo a categoria com maior crescimento online no setor de bens de consumo”, sustenta André Jordão, um dos fundadores e CEO da Barkyn. “Queremos proporcionar a experiência excecional da Barkyn ao maior número de famílias e aos seus animais de estimação, criando uma grande marca que resolve a atual fragmentação de oferta de serviços no mercado de cuidado animal – numa entrega mensal, todas as necessidades do seu cão ficam resolvidas”, diz o CEO.

“Estamos a construir o futuro de comércio online com personalização e conveniência extrema”, defende André Jordão.

Stephan Morais, da Indico Capital Partners, defende que como a startup já operava num mercado em rápido crescimento é “atualmente um claro vencedor com o crescimento do comércio online. “Estamos entusiasmados por investir na próxima fase de crescimento da oferta hiper-personalizada de produtos e serviços para animais de estimação. A elevada satisfação dos clientes é o melhor exemplo da capacidade de execução da equipa”, refere o managing general partner.

Por sua vez, Hugo Mardomingo, diretor da All Iron Ventures, defende que o CEO da Barkyn “traz uma nova abordagem à indústria de animais de estimação, resolvendo os desafios enfrentados pelos donos com produtos e serviços diretos ao consumidor”. “Estamos entusiasmados por ter apostado num equipa que sabe capitalizar um mercado de crescimento rápido com produtos escaláveis que os consumidores adoram”, garante o diretor da espanhol All Iron Ventures.

O vice-presidente da Portugal Ventures, Rui Ferreira, que também participou na ronda da série A afirma que “a Barkyn é um excelente exemplo dos projetos em que a Portugal Ventures pretende investir: empresas com ambição, que escalam tanto a nível nacional como internacional. É com grande expectativa que nos juntamos a esta ronda de investimento, numa altura de franco crescimento da Barkyn em países europeus”.

Atualmente, a empresa conta com um portefólio com mais de 30 produtos, onde se incluem fórmulas alimentares, snacks e suplementos adicionais. Desde 2017, a empresa já angariou mais de 7,8 milhões de euros em investimento.

Ler mais
Recomendadas

Luís Filipe Vieira recandidata-se à presidência do SL Benfica

O dirigente máximo dos ‘encarnados’ fez a revelação na reunião dos órgãos sociais que teve lugar esta terça-feira e assumiu-se como candidato à presidência do clube. Caso seja reeleito, poderá manter-se à frente das ‘águias’ até outubro de 2024.

EDP: Despacho de juiz alude a troca de favores entre Mexia e Manuel Pinho

Segundo o MP, foi também acordado, que da parte do ministro haveria a concessão de benefícios indevidos à EDP, através do exercício das suas funções públicas, tendo como contrapartida o apoio da EDP à sua carreira profissional e académica quando saísse do Governo.

CIP apela à aprovação do plano de recuperação: “Previsões de Bruxelas são um novo sinal vermelho”

A Confederação Empresarial de Portugal defende ainda a “rápida” intervenção do Governo português, que passa pela criação de uma ‘bazuca’ nacional’ “que faça mesmo a diferença”.
Comentários