Startup Flow lança sistema de gestão de mobilidade para empresas e cidades

A empresa detida pela Galp Energia criou uma solução que agrega dados de veículos, estações de carregamento, fornecedores de energia, utilizadores, iniciativas de micro-mobilidade ou sistemas públicos.

A startup portuguesa Flow, detida pela Galp Energia (acionista maioritária), lançou recentemente um sistema de gestão de mobilidade sustentável direcionado para empresas e organizações que querem implementar programas nesta área. A empresa, que nasceu em 2019 depois de uma parceria tecnológica entre a petrolífera e o CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento garante que, desta forma, é possível reduzir os custos totais de mobilidade, melhorar a experiência de clientes e colaboradores e descarbonizar.

A solução tem por base uma solução que coordena ativos móveis e utilizadores para fornecer dados em tempo real sobre como utilizam as viaturas, scooters, estações de carregamento e outros componentes do ecossistema da mobilidade. Trata-se um data hub de dispositivos IoT [Internet das Coisas] incorporados nesses ativos e de outros modos de mobilidade, incluindo a partilha de viagens, bicicletas elétricas e serviços de mobilidade.

“O verdadeiro poder da mobilidade sustentável é aproveitar o poder do transporte para benefício da organização, seja uma empresa, uma instituição como uma universidade ou uma cidade. A nossa abordagem unificada de mobilidade fornece informações em tempo real que têm impactos positivos em todas as operações das empresas, e não apenas nas suas frotas” – Jane Hoffer (CEO).

A abordagem de Gestão de Recursos de Mobilidade Sustentável (GRMS) da Flow considera a mobilidade como um sistema de negócio integrado orientado por dados de veículos, estações de carregamento, fornecedores de energia, utilizadores, iniciativas de micro-mobilidade ou sistemas públicos, de acordo com as necessidades da organização, de acordo com a informação divulgada à imprensa.

A tecnologia de GRMS da startup tem cinco domínios: planeamento de mobilidade (guia com frotas eletrificadas, infraestruturas de carregamento, planeamento de alocação de instalações até à aquisição de energia e balanceamento de carga, entre outros); gestão de energia (controlo da infraestrutura de carregamento); gestão de frotas (únicas e partilhadas); serviços de mobilidade (carregamento de fontes de dados externas, como transporte público e partilhado, táxi…) e gestão de transações (processamento de pagamentos, faturação e gestão de perfil de utilizador).

Relacionadas

Flow capta Jane Hoffer como CEO para expandir o negócio

Fruto de uma parceria tecnológica entre a Galp e o CeiiA, a startup disponibiliza software para carregamento de veículos elétricos, entre vários outros serviços.
Recomendadas

Linha de apoio a micro e pequenas empresas disponível a partir desta quarta-feira

Para se poderem candidatar, as empresas terão de apresentar uma quebra abrupta e acentuada de pelo menos 40% da sua faturação, e não poderão ter beneficiado das anteriores linhas de crédito com garantia mútua. A SPGM avisa que as empresas em dificuldades não podem ter sede em países ou regiões com regime fiscal mais favorável (‘offshore’)”.

Farmacêutica Pfizer inicia ensaio clínico com quase 30 mil participantes

A farmacêutica norte-americana Pfizer e a biotecnológica alemã BioNTech iniciaram um ensaio clínico de uma potencial vacina para a Covid-19 envolvendo cerca de 30 mil participantes, foi anunciado esta quarta-feira.

Facebook lança versão do Tik Tok através do Instagram

O Reels é a aplicação que a empresa de Mark Zuckerberg criou para fazer frente ao rival Tik Tok. O lançamento acontece dias depois sa Microsoft anunciar as negociações para adquirir as operações nos EUA da aplicação de video da ByteDance na China.
Comentários