Startup pioneira do ISEP lança ‘software’ para fins educativos

O ‘software’ Easy2rec é adotado pela Unidade FCCN da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

A primeira startup nascida no Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), Edugraal Lda., lançou o produto, de nome Easy2Rec, que se traduz num ‘software’ de criação de vídeos para apresentações (como vídeo-aulas, demonstrações de produtos, palestras e apresentação de empresas).

Apresentado oficialmente em janeiro de 2015, o ‘software’ foi reconhecido, em janeiro passado, pela FCT|FCCN (Fundação para a Ciência e Tecnologia – Fundação para a Computação Científica Nacional), com quem a startup estabeleceu parceria no sentido de fornecer uma solução dedicada à gravação de conteúdos culturais e educativos em ambiente Windows.

Nas palavras de Diogo Palhais, CEO da startup, o Easy2Rec é um ‘lecture recorder’ (gravador de conferências) “que permite combinar todos os elementos digitais que o docente utiliza no seu computador para gravar de forma simples um vídeo-aula sem precisar de nenhum suporte. Este vídeo-aula pode ser distribuído aos alunos através do Educast da FCCN via Youtube, Moodle ou por e-mail”, com o propósito de coletar um “vasto leque de utilizadores de modo a que a produção de vídeos seja mais facilitada e esta ferramenta possa ser implementada em novas áreas”.

O ‘software’ possibilita a gravação em simultâneo e de forma síncrona de fontes como áudio, vídeo, ‘slides’, captura de ecrã, quadro branco, imagens, PDF’s e ‘browser’, permitindo uma posterior organização e distribuição dos conteúdos carregados.

António Castro, docento do ISEP e impulsionador do projeto explica: “É uma espécie de Santo Graal da Educação dado que transforma num conteúdo digital a aula presencial recorrendo ao binómio docente/conteúdos pedagógicos num vídeo-aula em tudo semelhante à aula presencial mas que pode ser distribuída, usada e reutilizada sempre que o estudante dela necessite”.

“Tem havido uma excelente adesão a este projeto do ISEP, criado em 2015. Funcional, económico, acessível, tem desperto interesse e acessos de vários países do mundo, tendo sido já apresentado em Amesterdão e em Sevilha em encontros e conferências internacionais”, remata o presidente do ISEP, João Rocha.

Ler mais
Recomendadas

Agência Espacial Europeia vai apoiar startups com um incentivo de 50 mil euros

Para além dos incentivos financeiros, as startups selecionadas também vão receber apoio técnico e empresarial, com o objetivo de ajudar no desenvolvimento dos seus negócios.

Portuguesa DefinedCrowd entre as empresas com crescimento mais rápido da América

A revista de negócios norte-americana “Inc.” coloca a empresa especializada em Inteligência Artificial na 27ª posição de um ‘ranking’ composto por mais de 4.500 empresas. A distinção deve-se a um crescimento de 8550,28% nas receitas reportado entre 2016 e 2019.

3 mil milhões de euros. Despesas em Investigação & Desenvolvimento em Portugal atingem máximo histórico em 2019

Segundo o Inquérito ao Potencial Científico e Tecnológico Nacional 2019, a despesa total em I&D atingiu 1,41% do PIB, ou seja, quase 3 mil milhões de euros. O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior fala num regresso à convergência com a Europa.
Comentários