Startup portuguesa MUB Cargo ultrapassa os 7 mil transportes

Incubada na Startup Braga, a plataforma digital liga empresas e pessoas que necessitam de transportar mercadorias.

O marco de 7 mil transportes conseguido em agosto pela startup portuguesa MUB Cargo representa a consolidação do crescimento que a empresa tem verificado desde o final de 2017 (e que atingiu os 60% em julho,  em termos nominais).

A MUB Cargo tem vindo a focar-se no setor empresarial, com soluções específicas para as pequenas e médias empresas (PME), tendo desenvolvido a solução MUB Urgente. Este é um serviço expresso dedicado com preços fixos que visa simplificar e agilizar o processo de contratação, permitindo programar a data e hora de recolha e entrega da carga com maior precisão.

Fundada em Braga e incubada na Startup Braga, a MUB Cargo opera no mercado português e espanhol, contando com 450 parceiros entre os quais os maiores agentes logísticos a operar nos dois países.

Pedro Vilas-Boas, CEO da MUB Cargo, afirma: «Temos já um número considerável de empresas que trabalham connosco diariamente, pois veem na MUB um apoio fundamental para alavancar o seu negócio. Com a nossa oferta, através dos parceiros de transporte de confiança MUB cargo, conseguimos oferecer ao mercado soluções desde o envio de cartas até às cargas completas, oferecendo também serviços de grupagens e dedicados de e para toda a Europa, conseguindo assim apoiar as PME».

PCGuia
Recomendadas

PremiumCigarros eletrónicos: Startup americana JUUL entra no mercado nacional

Empresa anuncia venda de produtos em Portugal a partir de outubro, com uma rede de quatro mil pontos de venda. Mercado nacional alternativo aos cigarros tradicionais vale 115 milhões por ano.

PLMJ recebe evento da Startupbootcamp

Esta terça-feira, 15 a 20 startups realizam diversos pitches nesta sociedade de advogados.

Maria criou ‘snacks’ saudáveis, conquistou o Pingo Doce e prepara-se para chegar a mais retalhistas

Maria Villas-Boas fundou a Urban Nature em setembro de 2018, recebeu investimento da Shilling Capital e vai ainda este ano colocar os seus pacotes de granola, sésamo e lentilhas em mais prateleiras, inclusive as do Continente.
Comentários