Startup utiliza “ninjas” para avaliar presença das marcas nos pontos de venda

A Brands&Ninjas, uma empresa fundada em Coimbra, propõe-se a resolver o problema das marcas em auditar, em tempo útil, campanhas, promoções, preços ou ‘stock’ em prateleira.

Chama-se Brands&Ninjas e é uma plataforma DaaS (Data as a Service), baseada em crowdsourcing, que recorre a uma comunidade de pessoas – os “ninjas” para avaliar a presença das marcas no ponto de venda, em tempo real. A startup de Coimbra propõe-se a resolver o problema das marcas em auditar, em tempo útil, campanhas, promoções, preços ou ‘stock’ em prateleira, nos pontos de venda.

O objetivo é que a plataforma permita aos “ninjas”, espalhados por todo o país, uma avaliação rápida da forma como os produtos estão representados no ponto de venda e às marcas o acesso a esses resultados em tempo real, numa solução onde a startup afirma que “todos ganham – retalhista, marca e ninja”.

A Brands&Ninjas diz conseguir completar uma avaliação a nível nacional em 72 horas (valor de referência para uma auditoria a cerca de 800 lojas), conseguindo assim entregar métricas à marca de forma “mais rápida (e em tempo útil), do que o fariam as próprias equipas comerciais da marca”.

“Como os nossos ninjas conseguem visitar as lojas a qualquer hora – e não só num horário específico de expediente – o nosso potencial de rapidez na recolha de informação é muito maior. Por outro lado, a nossa extensa rede de ninjas permite à marca confirmar a execução de campanhas nos pontos de venda mais pequenos, que são tradicionalmente esquecidos neste tipo de ações e que estão em franco crescimento em todo o país, numa lógica comercial de cada vez maior proximidade das populações”, reforça José Pedro Moura, presidente executivo da Brands&Ninjas.

José Pedro Moura esclarece que “o nosso objetivo não é substituir as equipas comerciais ou de outsourcing que estão a trabalhar para determinada marca, mas sim dar informação de suporte em tempo útil que reforce e otimize as suas funções”.

Fundada em 2019, a Brands&Ninjas tem uma equipa de 13 pessoas dedicadas à construção da plataforma e desenvolvimento de negócio. Entre os seus clientes conta já com marcas como Sonae MC, a Delta Cafés ou a The Navigator Company. Com um investimento inicial por parte da Core Angels Portugal, a startup nascida em Coimbra e incubada do Instituto Pedro Nunes quer consolidar a sua presença em Portugal em vários sectores (farmácias, balcões de bancos, gasolineiras, stands de automóveis, redes de outdoor, franchising, entre outros) durante o ano de 2021, antes de avançar para a expansão internacional.

Ler mais
Recomendadas

Inokem. Startup dos desinfetantes vai tornar-se 100% verde

A biotecnológica cofundada por Pedro Martins vai aumentar o investimento em soluções de combate aos vírus para mais de 45 mil euros este ano. “Temos planos para a criação de um laboratório especializado em desenvolvimento de soluções exclusivamente biológicas e direcionadas para as empresas e consumidor doméstico”, disse o empreendedor ao Jornal Económico.

Klarna torna-se na startup mais valiosa da Europa

O valor da Klarna subiu depois de a empresa sueca ter fechado uma ronda de investimento de 1 mil milhões numa combinação de investidores novos e outros ‘da casa’.

Lisboa’s Growth Program oferece 500 mil euros a startups e nómadas digitais para promover a inovação

Para ter acesso a estes 500 mil euros, é preciso fazer uma candidatura no site Made of Lisboa.
Comentários