Startup Wegho vai contratar em Lisboa e no Porto

A startup, lançada apenas há um ano, conta com 20 colaboradores na rede de serviços e para cima de 3000 utilizadores registados.

A Wegho, plataforma que junta toda a gestão doméstica numa só app ou site, vai contratar 50 funcionários até ao final do ano para responder ao crescimento do negócio.

“Estamos à procura de mais colaboradores para poder continuar o crescimento que temos tido. Neste momento, estamos a recrutar na área da limpeza e qualquer pessoa pode candidatar-se: com ou sem experiência, à procura de contrato part-time ou full-time.” afirma Carlos Magalhães, CEO e cofundador da startup.

Lançada em julho de 2017, no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, a Wegho expandiu-se recentemente para Lisboa. Um ano depois, conta, já, com cerca de 20 colaboradores na rede de serviços, para cima de 3000 utilizadores registados e realiza aproximadamente 500 serviços por mês – como por exemplo limpeza de escritórios, jardinagem e até sessões de personal training.

A plataforma disponível em iOS e Android expandiu recentemente a área de negócio para Lisboa e já está a recrutar mais funcionários para a capital.

Recomendadas

Consórcio europeu lança curso online gratuito sobre inovação

O “Co-Innovation Journey for Startups and Corporates” inclui palestras, artigos informativos, questionários, discussões e atividades práticas. A Beta-i representa Portugal nesta iniciativa e criou ainda um ‘podcast’ para os tempos de crise.

Doinn, a startup que sente na pele a queda dos negócios do turismo e limpeza

“Estamos atentos às medidas de apoio anunciadas pelo Governo apesar de, até agora, não termos ficado impressionados com elas. Não nos adianta muito adiar as obrigações como IVA ou TSU para o segundo semestre se os respetivos pagamentos coincidirão com a época baixa”, disse ao Jornal Económico Weronika Figueiredo, cofundadora da empresa.

Startup com sede em Portugal chega à final do Free Electrons

A Tesselo combina a utilização de imagens de satélite e Inteligência Artificial para transmitir informações em tempo real sobre terrenos agrícolas ou infraestruturas.
Comentários