Startup Wegho vai contratar em Lisboa e no Porto

A startup, lançada apenas há um ano, conta com 20 colaboradores na rede de serviços e para cima de 3000 utilizadores registados.

A Wegho, plataforma que junta toda a gestão doméstica numa só app ou site, vai contratar 50 funcionários até ao final do ano para responder ao crescimento do negócio.

“Estamos à procura de mais colaboradores para poder continuar o crescimento que temos tido. Neste momento, estamos a recrutar na área da limpeza e qualquer pessoa pode candidatar-se: com ou sem experiência, à procura de contrato part-time ou full-time.” afirma Carlos Magalhães, CEO e cofundador da startup.

Lançada em julho de 2017, no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, a Wegho expandiu-se recentemente para Lisboa. Um ano depois, conta, já, com cerca de 20 colaboradores na rede de serviços, para cima de 3000 utilizadores registados e realiza aproximadamente 500 serviços por mês – como por exemplo limpeza de escritórios, jardinagem e até sessões de personal training.

A plataforma disponível em iOS e Android expandiu recentemente a área de negócio para Lisboa e já está a recrutar mais funcionários para a capital.

Recomendadas

Portugueses da Indico investem em empresa alemã de trotinetes

O primeiro fundo privado de investimento em capital de risco português investiu 3,25 milhões na TIER, principal empresa europeia de micro mobilidade.

PremiumCimeira de investidores voltou a Lisboa mas startups querem Silicon Valley

Nuno Fonseca, CEO da Sound Particles, criou a empresa em Leiria, mas, neste momento, 60% dos clientes são da Califórnia. O empresário português considera que as startups devem abrir horizontes e olhar para o “mercado global”.

Câmara de Lisboa pede desculpa por ainda não ter revelado contrato com Web Summit

O contrato com a Web Summit só vai ser revelado depois da autarquia e a organizada da conferência chegarem a acordo sobre as cláusulas a serem expurgadas.
Comentários