“Talent Portugal” pretende captar talentos para o nosso país

A plataforma “Talent Portugal” é lançada hoje e tem como objetivo atrair talentos para trabalharem em território nacional, sobretudo em empresas tecnológicas e centros de serviços globais.

Cristina Bernardo

O projeto tem como finalidade detetar oportunidades de emprego para profissionais e para jovens licenciados – portugueses e estrangeiros – em empresas tecnológicas e centros de serviços globais instalados em Portugal.

A comunidade “Talent Portugal”, indica que é a única a agregar toda a informação que os candidatos desejam saber, pretende combater esta realidade, dando a conhecer as ofertas de insígnias como, por exemplo, a Webhelp, que pretende empregar 650 colaboradores nos próximos dois anos. Também Sonae, Adidas, Yazaki, Blip, Altran, IT Sector, Gfi, Creative Systems, Concentrix, Infineon, Outsystem, Critical Software, Sitel e Linde estarão a recrutar na plataforma.

Os candidatos acedem gratuitamente ao portal, podem escolher a empresa que mais os atrai, e direcionar o envio do currículo. Um dos fatores mais diferenciadores da plataforma é a possibilidade de os candidatos conhecerem profundamente a oferta do empregador, acedendo a toda a informação, que está, neste caso, agregada num único local.

Hoje, e para assinalar o lançamento oficial do projeto, a Talent Portugal promove um Think Tank, um encontro tertúlia de networking e partilha de experiências entre empresas, universidades e estudantes.

Uma das primeiras iniciativas da comunidade irá realizar-se, a 25 de novembro, no Porto. Trata-se da International Job Fair, uma feira de emprego que se assume como uma oportunidade de encontro ímpar entre estudantes e empresas globais localizadas em Portugal e que tem como objetivo atrair recursos qualificados para empresas fortemente recrutadoras a operar no mercado internacional. A iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal do Porto, da Erasmus Student Network do Porto, do Alto Comissariado para as Migrações e do TICE (Pólo das Tecnologias de Informação, Comunicação e Electrónica).

Recomendadas

Startup Stripe passa a valer mais do que a Airbnb ou SpaceX

A empresa de sistemas de pagamentos, que anunciou este mês a sua chegada a Portugal, recebeu um financiamento de 250 milhões de dólares das sociedades de capital de risco General Catalyst, Sequoia Capital e Andreessen Horowitz.

Google apoia portuguesa Barkyn como startup em crescimento

“Durante estes dois meses vamos estar rodeados pelos maiores peritos digitais da Google, o que terá certamente um enorme impacto na afirmação da Barkyn como startup líder do espaço pet na Europa”, garantiu um dos responsáveis da Barkyn.

FlixBus anuncia expansão em Portugal com abertura do mercado dos ‘expressos’

A decisão foi tomada pela empresa de origem alemã após a aprovação pelo Conselho de Ministros e publicação hoje, em Diário da República, da legislação que promove a abertura do mercado português de ‘Expressos’ à concorrência.
Comentários