TAP suspende operação para London City e cancela cinco rotas

A suspensão da operação para o aeroporto londrino é explica “devido às incertezas de procura por parte dos clientes, associada ao ‘Brexit’, e pelos resultados abaixo do esperado nesse mesmo mercado”.

A TAP vai suspender a operação para o aeroporto de London City, um dos aeroportos da cidade londrina, além de suspender mais cinco rotas, três a partir de Lisboa e duas a partir do Porto.

De acordo com o comunicado da transportadora aérea nacional, revelando as notas rotas a operar no próximo ano de 2020, a empresa liderada por Antonoaldo Neves esclarece que, “devido às incertezas de procura por parte dos clientes, associada ao ‘Brexit’, e pelos resultados abaixo do esperado nesse mesmo mercado, a TAP decide suspender a operação no aeroporto de London City (..)”.

Segundo os responsáveis da TAP, esta suspensão irá compensar “parcialmente os assentos perdidos com o aumento da capacidade dos aviões à partida de Lisboa e do Porto para os restantes aeroportos londrinos, nos períodos de maior procura”.

Além disso, a TAP assumiu que no próximo ano irá suspender as rotas Lisboa-Estugarda, Lisboa-Colónia e Lisboa-Basileia, para além das ligações Porto-Barcelona e Porto-Lyon”.

Recomendadas

Holding da família Queiroz Pereira reforça na Semapa

A Sodim (holding que controla a Semapa) comprou fora de bolsa mais 1.017% da dona da Navigator e da Secil.

TAP promete recuperar “tão rapidamente quanto possível” os voos a partir do Porto

A empresa assegura ainda que “irá continuar este processo de diálogo com todas as regiões portuguesas”.

Governo prepara “machadada letal no layoff simplificado”, dizem confederações patronais

Em comunicado a CAP, CIP, CTP e CPP reforçam a ideia de que “é preferível apoiar emprego a pagar subsídios de desemprego”.
Comentários