TDT chega em outubro à ilha cabo-verdiana de São Nicolau

Segundo o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde, a ilha está preparada para receber as emissões de Televisão Digital Terrestre.

O ministro da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde, Abraão Vicente, disse esta segunda-feira que a inauguração do projeto de Televisão Digital Terrestre (TDT) está prevista para o próximo mês de outubro na ilha de São Nicolau.

O titular da pasta da Cultura fez este anúncio durante a sua visita de dois dias aos municípios de Tarrafal e Ribeira Brava com o objetivo de constatar ‘in loco’ o andamento das obras de construção dos nove centros emissores (sites) e confirmação de montagem dos equipamentos de transmissão, de forma a iniciar as emissões da televisão digital em toda ilha.

Segundo o ministro, a ilha de São Nicolau está preparada para receber as emissões da TDT, e o governo local está a receber obras locais que custaram cerca de 10 mil contos e constituem uma preparação para receber em boas condições “aquilo que é equipamentos e investimentos do Estado”.

Com a chegada do TDT a São Nicolau, o governante considera que se inicia uma “nova era da televisão” com capacidade para 30 canais em sinal aberto e a possibilidade de os regionais produzirem “conteúdos locais” e serem colocados posteriormente a nível nacional, um desafio que ficou lançado aos presidentes das autarquias locais e empreendedores locais.

O ministro da Cultura referiu ainda que, com a fase de distribuição e socialização deste serviço às famílias carenciadas, estará concluída a “estratégia nacional” bem como o cumprimento da Constituição da República de Cabo Verde para que as pessoas tenham acesso à informação, a conteúdos e a uma TV de qualidade.

No primeiro dia de visita ao Tarrafal e Ribeira Brava, Abraão Vicente visitou os centros emissores de Ribeira Prata, Praia Branca, Tarrafal, Queimadas e Caleijão. Hoje deverá visitar os centros emissores de Monte Gordo, Monte Alegre, Covoada e Escasinhas. Cabo Verde é um dos poucos países africanos que em breve terá o “switch off” do sinal analógico para passar ao sinal digital.

Ler mais
Recomendadas

Maior apreensão de droga em Cabo Verde vai a julgamento a 27 de janeiro

O caso remonta a janeiro do ano passado, quando 11 cidadãos de nacionalidade russa foram detidos a bordo de um navio no Porto da Praia com 9.570 quilogramas de cocaína em “elevado grau de pureza”, incinerada pelas autoridades dias depois.

Funeral do estudante cabo-verdiano que morreu em Bragança realiza-se hoje

A Polícia Judiciária está a investigar a morte de Luís Giovani, que estudava no Instituto Politécnico de Bragança, cujos contornos ainda não são claros.

Presidente de Cabo Verde considera Moçambique referência democrática na CPLP

O Presidente cabo-verdiano defendeu que seria desejável que os resultados das eleições gerais fossem aceites por todas as forças políticas.
Comentários