Tecnologia agrícola é a chave para reduzir a pobreza, diz o Banco Mundial

“Tal vai permitir aos agricultores aumentar o rendimento das culturas, gerir inputs com mais eficiência, adotar novas culturas e sistemas de produção, melhorar a qualidade da produção, conservar recursos naturais e adaptarem-se às mudanças climáticas.”

Um novo relatório do Banco Mundial diz que os países em desenvolvimento precisam de apostar mais na inovação agrícola de forma a conseguirem reduzir a pobreza, enfrentar as alterações climáticas e alcançar as metas de produção alimentar.

Mais de 80% das pessoas muito pobres em todo o mundo moram em áreas rurais; dessas, a maioria trabalha em agricultura. Assim, o aumento da produtividade agrícola é essencial para a redução da pobreza – tem cerca do dobro do impacto da aposta em produção industrial, assegura o Banco Mundial.

Pode continuar a ler o artigo de opinião de Sara Sousa, marketeer na Agroop aqui.

Recomendadas

DGRM abre consulta pública para avaliação ambiental das águas marinhas

A DGRM – Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos informa que está aberto o período de discussão pública sobre a Avaliação do Estado Ambiental das águas marinhas sob soberania portuguesa, para cumprimento das formalidades inerentes à implementação do segundo ciclo da Directiva Quadro Estratégia Marinha (DQEM).

Cervejaria sueca procura fornecedores de barris de carvalho

A Enterprise Europe Network é uma rede de serviços para ajudar as empresas a inovar e a competir melhor no espaço europeu.

Bluegrowth inaugura centro internacional de vigilância e monitorização de aquiculturas

Roubos, vandalismo, predadores, degradação da qualidade de água, falhas de equipamentos, condições meteorológicas e erros humanos estão, entre outros, na origem das grandes perdas em aquicultura.
Comentários