Telecomunicações arrastam PSI 20 para terreno negativo. Praças europeias acompanham no ‘vermelho’

O PSI-20 recua 0,75% para 4.021,48 pontos à boleia do tombo de 3,45% para 2,91 euros da Nos e a queda de 5,02% para 0,0908 cêntimos da Pharol.

Brendan McDermid/Reuters

O principal índice bolsista português prossegue a manhã desta terça-feira a negociar no ‘vermelho’ com a Nos e a Pharol a liderarem as maiores perdas.

Assim, o PSI-20 recua 0,75% para 4.021,48 pontos à boleia do tombo de 3,45% para 2,91 euros da operadora portuguesa e 5,02% para 0,0908 cêntimos da empresa de telecomunicações.

Ainda no vermelho, a praça portuguesa regista as quedas da The Navigator (-1,51% para 1,89 euros), que vai divulgar os resultados trimestrais, esta tarde, a Semapa (-1,92% para 6,64 euros) e os CTT (-1,56% para 2,21 euros).

A resistir à pressão da onda pessimista em Lisboa, surge a Ibersol e a Mota-Engil que sobem 2,06% para 3,96 euros e 0,53% para 1,138 euros.

No Velho Continente, as congéneres europeias negoceiam, também, em terreno negativo com o CAC 40, em Paris, a conduzir as desvalorizações (- 0,76% para 4.778,88 pontos).

Em Londres, o FTSE 100 desliza 0,07% para 5.787,94 pontos, enquanto que o Euro Stoxx 50 desvaloriza 0,31% para 3.095,25  pontos e o DAX, em Frankfurt, cai 0,26% para 12.145,10 pontos. Na vizinha Espanha, após o segundo dia de recolher obrigatório previsto no estado de emergência, decretado no domingo, o IBEX 35 derrapa 0,38% para 6.771,00 pontos.

Ler mais

Recomendadas

Wall Street fecha mista com aumento do desemprego

A avalanche de dados macroeconómicos justifica a fraca performance da bolsa. Os dados do emprego semanal dão uma subida dos pedidos de subsídio de desemprego no país pela segunda semana consecutiva, até os 778 mil, muito pior do que o esperado pelo consenso do mercado. Isto pode deixar marcas persistentes no mercado laboral dos Estados Unidos.

CMVM tomou 22 decisões de contraordenação algumas das quais originam coimas que somam 700 mil euros

Na base das decisões da CMVM estão 11 processos relacionados com infrações por violação de deveres dos auditores; cinco processos por violação dos deveres dos intermediários financeiros; três processos por violação de deveres das entidades responsáveis pela gestão de Organismos de Investimento Colectivo; entre outros. A maioria das coimas aplicadas está suspensa.

Bolsa de Lisboa fecha com subida superior a 1%

CTT, EDP Renováveis e BCP subiram mais de 2%. As ações da tecnológica Novabase, que divulgou esta tarde ao mercado o Plano para a Igualdade de Género e Diversidade, caíram 0,61% para 3,27 euros.
Comentários