Tem empregada doméstica? Há uma declaração que tem de entregar até segunda-feira

Se contratou uma empregada doméstica, saiba que termina segunda-feira, 11 de fevereiro, o prazo para entregar a declaração dos montantes pagos pelo serviço prestado.

As empresas e os contribuintes da categoria B de IRS (rendimentos profissionais e empresariais) têm até 11 de fevereiro, para entregar a declaração Modelo 10 referente aos rendimentos anuais de empregadas domésticas que não tenham sido declarados mensalmente. Quem entregar a declaração fora deste prazo arrisca a coimas entre 150 euros e 3.750 euros.

Até agora, a Modelo 10 tinha de ser remetida à AT até ao final do mês de janeiro, indicando os valores relativos ao ano anterior, mas o OE2019 alterou o fim deste prazo para o dia 10 de fevereiro.

Este ano, e pelo facto de o dia 10 coincidir com um fim-de-semana, o prazo termina excecionalmente no dia útil seguinte, segundo a informação disponível no Portal das Finanças. “Em 2019, o prazo de entrega da declaração modelo 10 é o dia 11 de fevereiro, considerando que é o 1.º dia útil seguinte ao dia 10 de fevereiro”, é referido.

No modelo 10 deverão ser inscritos pelo contribuinte, os rendimentos que pagaram ou colocaram à disposição e as retenções que efetuaram, numa obrigação declarativa que abrange os sujeitos passivos de IRC e os sujeitos passivos de IRS titulares de rendimentos empresariais ou profissionais, com ou sem contabilidade organizada. Para estes contribuintes é obrigatória a entrega da Declaração modelo 10 pela Internet.

Já os contribuintes que não exerçam atividades profissionais ou empresariais e que pagaram rendimentos de trabalho dependente, mas não entregaram a declaração mensal de rendimentos, podem optar pela internet ou pelo papel.

Os particulares que em vez de uma empregada de limpeza utilizam os serviços de uma empresa deste setor não têm de entregar o referido Modelo 10 porque neste caso, estão a pagar uma prestação de serviços e não um salário de trabalho dependente.

Ler mais
Relacionadas

Quem está abrangido pelo IRS automático? Governo já definiu as regras

O decreto regulamentar que alarga a declaração automática do IRS aos contribuintes com aplicações em PPR foi hoje publicado em Diário da República, esperando-se que a nova medida abranja mais cerca de 250 mil pessoas.

IRS: Como dividir as despesas dos filhos em caso de guarda conjunta?

Até 15 de fevereiro, os contribuintes com guarda conjunta devem comunicar, no Portal das Finanças, a residência alternada dos filhos. Se não o fizerem, a dedução fixa é aplicada na sua totalidade ao progenitor com quem o dependente vive.

IRS: Guia para não se perder no e-fatura

Prazo para validar faturas termina a 25 de fevereiro. Se não o fizer, arrisca-se a receber menos reembolso do IRS ou a pagar mais.
Recomendadas

Respostas Rápidas: É cliente da Caixa Geral de Depósitos? Saiba o que muda a partir de maio de 2019

Em 2019, os clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD) vão sentir alterações nas comissões. A partir do dia 1 de maio, o banco público vai alterar as comissões em quatro produtos ou serviços que disponibiliza aos seus clientes.

BdP: Portugueses contraíram 58 mil créditos ao consumo em dezembro

Só o número de contratos de crédito concedido por via de cartões de crédito e descoberto diminuiu, segundo os dados do Banco de Portugal.

GNR encontrou mais de 400 condutores em excesso de velocidade só na quarta-feira

A Guarda Nacional Republicana adianta que fiscalizou anteontem diversos peões e 3.487 condutores, tendo detetado, em 24 horas, 1.200 infrações em estradas nacionais, municipais e arruamentos no interior de localidades de todo o país.
Comentários