Terceira edição do Prémio João Vasconcelos – Empreendedor do Ano vai permitir nomeações

Os critérios de avaliação das nomeações e das candidaturas mantêm-se como: visão e estratégia, resiliência, contributo para o ecossistema empreendedor nacional, liderança e gestão de equipa, crescimento e penetração internacional.

Fonte: Facebook de João Vasconcelos

A Startup Lisboa lançou a 3.ª edição do Prémio João Vasconcelos – Empreendedor do Ano e apresentou este ano novidades nesta distinção. Além das habituais candidaturas, será também possível qualquer pessoa da comunidade nomear um empreendedor ou equipa de empreendedores e ter um eleito como melhor pitch entre os finalistas, num júri composto por jornalistas do sector.

A fase de nomeações decorre até 15 de julho e a fase de candidaturas até 29 de agosto de 2021. O vencedor é conhecido dia 30 de setembro e ganha 10 mil euros.

Podem candidatar-se, ou serem nomeados, empreendedores ou equipas de empreendedores que tenham fundado uma startup em Portugal há menos de cinco anos e cujo negócio seja inovador, incorpore tecnologia e seja escalável.

“O Empreendedor do Ano” é um prémio para a comunidade dar valor aos empreendedores que dão o litro no dia a dia pelas suas ideias, pelas suas equipas e startups, e também pelo próprio ecossistema. É por isso que queremos que a comunidade faça parte do processo e que tenha, cada vez mais, um papel ativo neste prémio. Conseguimos fazer isso porque o prémio tem uma abrangência nacional, e também porque agora existe a possibilidade de qualquer um nomear um empreendedor que reconheça e que admire”, diz Miguel Fontes, diretor executivo da Startup Lisboa.

Os critérios de avaliação das nomeações e das candidaturas mantêm-se como: visão e estratégia, resiliência, contributo para o ecossistema empreendedor nacional, liderança e gestão de equipa, crescimento e penetração internacional.

O prémio conta já com dois vencedores das edições passadas: Daniela Braga, fundadora e CEO da DefinedCrowd e vencedora em 2019, e André Jordão, fundador da Barkyn e vencedor em 2020.

Daniela Braga e André Jordão serão elementos do júri do prémio deste ano, que será ainda constituído por pessoas de reconhecido mérito dentro do ecossistema – empreendedores, investidores, parceiros e associados da Startup Lisboa.

Esta edição do Prémio conta com o apoio financeiro dos fundadores da Startup Lisboa – Câmara Municipal de Lisboa, IAPMEI e Montepio Geral, e ainda com um novo patrocinador: a Semapa NEXT, responsável pela entrega do Prémio.

O Prémio João Vasconcelos – Empreendedor do Ano foi criado pela Startup Lisboa em 2019 para homenagear João Vasconcelos, o primeiro diretor executivo da incubadora, e para promover um espírito empreendedor e de iniciativa, fomentar e promover a inovação e valorizar os empreendedores de acordo com o potencial do seu negócio e perfil de liderança.

Recomendadas

Este unicórnio português vai ter um evento online gratuito para partilhar dicas de gestão e tecnologia

O evento é gratuito e aberto a qualquer pessoa, mas tem lugares limitados, pelo que será necessário fazer uma inscrição.

Prio vai dar 10 mil euros a startups com soluções na área da sustentabilidade e transição energética

As três startups vencedoras ganham a oportunidade de fazer um projeto piloto com a Prio no valor mínimo de 10 mil, em que terão a possibilidade de testar as suas soluções dentro da empresa, com o apoio de uma equipa de acompanhamento para o projeto-piloto, que pode durar até 12 meses.

Grupo José de Mello promove encontro com 37 startups europeias

Houve 125 ‘startups’ candidatas a esta iniciativa, provenientres das áreas da mobilidade, saúde e envelhecimento.
Comentários