Terminais da Viva Wallet vão estar ligados ao IVAucher

A fintech grega é um dos operadores de pagamento que irá disponibilizar aos comerciantes a possibilidade de os seus clientes terem descontos imediatos no terminal dos sectores abrangidos pelo programa.

A Viva Wallet é um dos operadores de pagamento que irá disponibilizar aos comerciantes a possibilidade de os seus clientes terem descontos imediatos no terminal dos sectores abrangidos pelo IVAucher. A fintech grega, que opera em Portugal, confirmou esta terça-feira que está satisfeita pela solução “inclusiva e agregadora” que foi encontrada para o programa de estímulo ao consumo.

A empresa lembra que os comerciantes interessados já podem abrir conta na Viva Wallet e, a partir de outubro, beneficiar os seus clientes com a devolução imediata do IVA no terminal de pagamento. No caso dos consumidores, o benefício do programa é aplicado tanto em compras em estabelecimentos físicos como em lojas online, implicando a associação do NIF aos respetivos pagamentos.

O IVAucher prevê que os valores deste imposto dos gastos com restaurantes, alojamento e cultura comecem a ser acumulados desde 1 de junho e o período de acumulação de parte do imposto irá prolongar-se ao longo de três meses. Em setembro há uma paragem e o saldo poderá, depois, ser descontado nos três últimos meses deste ano.

Até ao próximo dia 31 de agosto, os consumidores podem começar a acumular o IVA pago em despesas efetuadas (em dinheiro ou com cartão) na restauração, alojamento e cultura. A utilização desse saldo (até ao limite de 50% por compra) pode ser utilizada para compras realizadas com cartão durante o período de 1 de outubro a 31 de dezembro, destaca o neobanco europeu.

“Ao disponibilizar o serviço a todos os consumidores e comerciantes da área da restauração, alojamento e cultura, e ao possibilitar a adesão de vários operadores de pagamento à estrutura do programa, o IVAucher apresenta agora uma solução tecnológica e 100% digital que abrange todos os tipos de cartões bancários (seja crédito, débito, nacional ou internacional) e todos os comerciantes dos sectores envolvidos”, afirma o country manager da Viva Wallet Portugal.

Pedro Saldanha diz que a empresa “espera uma forte adesão ao programa, oferecendo todos os serviços necessários para contribuir para a estimulação do consumo em Portugal, nos setores mais afetados pela pandemia.”

Relacionadas

Respostas Rápidas: IVAucher arranca hoje. Como vai funcionar o IVA que vai e volta?

O IVAucher vai manter-se válido até dezembro e vai traduzir-se em descontos nos meses de outubro e novembro. Saiba como vai funcionar este programa.
Recomendadas

O principal desafio para o sector das pescas é tecnológico

O presidente da Associação dos Armadores de Pesca Industrial diz que a frota precisa de um salto tecnológico que a União Europeia deveria impor e apoiar quanto antes.

Desenvolvimento tecnológico vai marcar segurança privada

Na lista das 10 tendências identificadas pela associação norte-americana de segurança, e que constam do seu último relatório, todas têm uma base tecnológica e metade respeitam a esta integração entre vídeo e software, com destaque para as ferramentas de reconhecimento facial.

PremiumMário Palhares: “BNI e Finibanco Angola continuam empenhados em encontrar uma solução”

O processo de venda do Finibanco Angola a Mário Palhares do Banco BNI, acordado em 2015, acabou. Mas o CEO do banco angolano garante ao JE que o BNI e o Finibanco continuam empenhados em encontrar uma solução.
Comentários