Tiago Barbosa Ribeiro candidata-se pelo PS à Câmara do Porto (com áudio)

“Eu não faltarei ao Porto. Apresentarei a minha candidatura à Câmara Municipal do Porto na reunião da Comissão Política Concelhia do PS que vai decorrer esta noite”, afirmou.

Tiago Barbosa Ribeiro
Deputado socialista Tiago Barbosa Ribeiro foi eleito presidente da concelhia do Porto

O atual presidente da Comissão Política Concelhia do Porto do PS, Tiago Barbosa Ribeiro, anunciou esta segunda-feira que vai apresentar a sua candidatura à presidência da Câmara Municipal do Porto.

“Eu não faltarei ao Porto. Apresentarei a minha candidatura à Câmara Municipal do Porto na reunião da Comissão Política Concelhia do PS que vai decorrer esta noite”, afirmou Tiago Barbosa Ribeiro.

Na conferência de imprensa convocada pelo partido para esta tarde, Tiago Barbosa Ribeiro disse ser tempo de “virar a página” e oferecer à cidade “um projeto autárquico alternativo que esteja à altura dos pergaminhos do PS no Porto”.

“Não ignoro nenhuma das dificuldades desta candidatura, num contexto já de si complexo como a pandemia e não só (…) Como disse Mário Soares, só é derrotado quem desiste de lutar”, afirmou.

Questionado pelos jornalistas se o secretário-geral do PS e primeiro-ministro, António Costa, tinha concordado com a candidatura, Tiago Barbosa Ribeiro assegurou que a mesma “mereceu a confiança de todos os membros” do partido.

“Não podia partir para uma candidatura sem o apoio dos órgãos do PS”, sublinhou.

Também questionado sobre o convite endereçado pelo PS ao atual secretário de Estado da Mobilidade, Eduardo Pinheiro, para encabeçar a corrida à presidência da Câmara do Porto, Tiago Barbosa Ribeiro disse não interessar “discutir o passado”.

“Não sinto que o partido está divido, sinto é que tem de estar unido”, destacou.

Quanto à recandidatura do atual presidente da autarquia, o independente Rui Moreira, o presidente da Comissão Política Concelhia do Porto do PS afirmou que vai ser “um combate eleitoral muito difícil”.

“Temos de estar unidos para um combate muito difícil (…). Os processos autárquicos contra um presidente que se recandidata são mais difíceis de disputar, mas não temos problemas em identificar os problemas que temos pela frente”, afirmou.

A proposta de nomear Tiago Barbosa Ribeiro como candidato à presidência da Câmara do Porto será votada hoje, na reunião da Comissão Política Concelhia, que decorre a partir das 21:30.

Tiago Barbosa Ribeiro nasceu em 1983, no Porto, e licenciou-se em Sociologia pela Universidade do Porto.

Deputado do partido socialista desde 2015, Tiago Barbosa Ribeiro foi eleito, em 2016, presidente da Comissão Política Concelhia do Porto do PS, tornando-se o presidente mais jovem dessa estrutura.

Foi membro da Assembleia de Freguesia do Bonfim e, atualmente, é deputado na Assembleia Municipal do Porto.

A Câmara do Porto é liderada pelo independente Rui Moreira, cujo movimento elegeu sete mandatos nas autárquicas de 2017, aos quais se somam quatro eleitos do PS, um do PSD e um da CDU.

São já conhecidas as candidaturas de Ilda Figueiredo (CDU), Sérgio Aires (BE), Vladimiro Feliz (PSD), Diogo Araújo Dantas (PPM), André Eira (Volt Portugal), António Fonseca (Chega) e a recandidatura do atual presidente da autarquia, o independente Rui Moreira.

As eleições autárquicas têm de ser marcadas pelo Governo para entre 22 de setembro e 14 de outubro.

Em Portugal há 308 municípios (278 no continente, 19 nos Açores e 11 na Madeira) e 3.092 juntas de freguesia (2.882 no continente, 156 nos Açores e 54 na Madeira).

Recomendadas

Bruxelas tem 12 milhões de euros para apoiar os media e já abriu candidaturas (com áudio)

Bruxelas quer apoiar os media de forma a “estimular uma esfera pública viva e diversificada” na União Europeia. A verba agora disponibilizada divide-se em quatro tipos de apoios diferentes à comunicação social, desde projetos multilingues a redes de comunicação para os mais jovens.

Comissão Europeia fecha contrato com Novavax para 100 milhões de doses de vacinas (com áudio)

“Reforça ainda mais o nosso vasto portefólio de vacinas, em benefício dos europeus e dos nossos parceiros em todo o mundo”, disse a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen sobre o acordo com a farmacêutica norte-americana.

‘Handling’ é de interesse público mas não significa salvaguardar acionista da Groundforce, diz Siza Vieira (com áudio)

Questionado sobre se o setor do turismo e hotelaria pode estar confiante de que não acontecerão novas paralisações, o ministro da Economia disse julgar que “estão criadas as condições para que isso não suceda”.
Comentários