Tik Tok apresenta queixa em tribunal contra Estados Unidos para bloquear proibição de downloads

O departamento do Comércio norte-americano decretou que iria bloquear o descarregamento da ‘app’ nos Estados Unidos a partir de domingo. O Tiktok quer travar esta proibição, dizendo que se deve a “razões política e fez queixa num tribunal federal de Washington.

A aplicação móvel Tik Tok apresentou uma queixa contra o Governo de Donald Trump, de modo a evitar a proibição do descarregamento da app decretada pelos Estados Unidos, que está prevista arrancar a partir deste domingo, avança a “Reuters”. A queixa foi entregue num tribunal federal de Washington.

O departamento de Comércio dos Estados Unidos tinha anunciado que iria bloquear o download tanto da Tik Tok como da WeChat, nos Estados Unidos, a partir de domingo.

Na queixa entregue pela Tik Tok e pela ByteDance, proprietária da Tik Tok, a empresa alega que esta proibição se deve a “razões políticas”, acrescentando que esta mesma proibição vila os direitos da empresa que estão inscritos na primeira emenda, diz a “Reuters”.

Relacionadas

China denuncia intimidação dos Estados Unidos com proibição de descarregamento de aplicações

A China diz que vai tomar as medidas necessárias para proteger de forma resoluta os direitos e os legítimos interesses das empresas chinesas, se os Estados Unidos persistirem nas suas ações unilaterais.
tik tok

Proibição das aplicações chinesas Tik Tok e WeChat nos EUA entram em vigor a 20 de setembro

Na prática, qualquer pessoa que esteja a usar o Tik Tok ou WeChat no seu smartphone não verá as aplicações desaparecerem repentinamente. O pedido indica que as aplicações deixarão de estar disponíveis nas respetivas lojas online e qualquer pessoa que já use um dos serviços não receberá atualizações de software.
Recomendadas

Alphabet com lucros de 11,25 mil milhões de dólares num terceiro trimestre em que receitas voltaram a crescer

Vindos do primeiro trimestre com uma diminuição de receitas na história da companhia, a empresa-mãe da Google volta agora em força, em parte empurrada pelas verbas associadas à publicidade.

Facebook aumenta lucro no terceiro trimestre impulsionado pela publicidade

A rede social também revela que conseguiu diminuir para metade as despesas relacionadas com “geral e administração”, em grande parte devido ao encerramento de escritórios um pouco por todo o mundo, acompanhando a tendência do teletrabalho.

Amazon com lucros 6,3 mil milhões de dólares, acima das previsões dos analistas

A empresa do homem mais rico do mundo conseguiu lucros e receitas acima das projeções dos analistas, sendo que, para o último trimestre do ano, a empresa antecipa resultados ainda mais fortes, naquela que é uma das maiores ganhadoras na pandemia.
Comentários