Trabalhadores das empresas do grupo Navigator em greve de quatro dias

Trabalhadores marcaram greve para esta semana, entre os dias 13 e 16 de Novembro. Reivindicam “reenquadramento salarial e revisão do plano de carreiras”, admitindo recusar trabalho suplementar depois de período de greve que começa nesta quarta-feira.

Os trabalhadores das empresas do grupo The Navigator Company decidiram marcar uma greve com início nesta quarta-feira, 13 de novembro, até sábado ,16 de novembro, em defesa de um reenquadramento salarial e revisão do plano de carreiras.

“Em plenários que tiveram lugar nas diferentes empresas do grupo The Navigator Company, os trabalhadores confirmaram a determinação de fazer greve entre as zero horas de dia 13 e as 24 horas de dia 16, em defesa das reivindicações apresentadas relativamente a reenquadramento salarial e revisão do plano de carreiras”, revelou a Federação Intersindical, Fiequimetal no final da semana passada em comunicado.

Segundo a Fiequimetal, a greve vai abranger todos os trabalhadores dos complexos fabris do grupo, em Aveiro, em Vila Velha de Ródão, na Figueira da Foz e em Setúbal.

“Admite-se ainda que os trabalhadores também recusem todo o tipo de trabalho suplementar em qualquer momento, seja antes, durante ou depois daqueles quatro dias de paralisação. Esta greve ao trabalho extra é feita ao abrigo do pré-aviso emitido pela Fiequimetal oportunamente”, avança a Federação Intersindical.

Esta estrutura intersindical explica que a decisão de avançar para esta forma de luta foi tomada “face à intransigência da administração do grupo, durante mais de seis meses de negociação”.

A Fiequmetal dá conta que os trabalhadores, os sindicatos e a federação exigem a “atribuição Imediata, a todos os trabalhadores, das categorias profissionais e dos salários correspondentes às funções desempenhadas”. E sinalizam ainda como reivindicação a compensação monetária aos trabalhadores que, diz, “durante largos anos estiveram desenquadrados das categorias profissionais e dos salários correspondentes às funções desempenhadas”.

Na lista das reivindicações, a Fiequimetal inclui anda a  valorização dos trabalhadores e das suas carreiras profissionais, com um plano de carreiras aplicável a todas as empresas do Grupo The Navigator Company, nas áreas Industrial, comercial e corporativa e a trabalhadores executantes, quadros médios e quadros superiores.

Como reivindicação soma-se ainda o plano de carreiras passar a prever que as promoções sejam imediatamente aplicadas, logo que um trabalhador assuma o posto ou postos de trabalho de forma autónoma. E a inclusão de um mecanismo anti-estagnação, assente numa evolução salarial (atribuição de um valor fixo a cada três anos, desde que o trabalhador tenha avaliação de desempenho positiva em dois anos seguidos ou interpolados, com um tempo de permanência máximo de três anos no mesmo escalão.

Os sindicatos reclamam ainda uma tabela salarial com grupos e escalões e relação directa com o posto de trabalho (especialidades).

Ler mais
Relacionadas

EBITDA da Navigator caiu 11,8% até setembro, para 300 milhões

O volume de negócios da Navigator nos primeiros nove meses deste ano ascendeu a 1.274 milhões de euros, uma subida de 1,8% face ao período homólogo.

Navigator investe 158 milhões de euros para atingir neutralidade carbónica em 2035

As florestas sob gestão da The Navigator Company em Portugal têm um ‘stock’ de carbono, excluindo o carbono no solo, equivalente a 5,4 milhões de toneladas de CO2, o equivalente às emissões que seriam geradas por 1,5 milhões de carros a percorrer uma distância equivalente ao perímetro do planeta.

Navigator eleita para administração dos líderes globais de sustentabilidade

Mais de 200 líderes mundiais estão reunidos pela primeira vez, em Portugal, no âmbito do Encontro do Conselho do WBCSD, que irá decorrer até à próxima quinta-feira, dia 17 de outubro, em Lisboa.

Moody’s retira os ratings de longo prazo da Navigator por razões comerciais

No momento em que tomou esta decisão, os ratings eram: classificação corporativa corporativa de Ba2 e probabilidade de classificação padrão de Ba2-PD.
Recomendadas

Seguradora Fidelidade entra no mercado chileno

Com esta entrada no Chilea Fidelidade vai também apostar em alianças com parceiros estratégicos locais, alavancadas numa rede ampla de corretores e grandes retalhistas e de bancassurance, apostando numa qualidade de serviço superior com o objetivo de proporcionar o melhor serviço aos clientes.

PAN pede campanha informativa sobre 5G em Matosinhos

Matosinhos tem uma Zonal Livre Tecnológica, promovida pelo CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento, da qual faz parte a NOS. A operadora usa a zona para testar 5G e em outubro anunciou ter coberto “integralmente” com a nova tecnologia móvel. Agora o PAN pede palestras, conferências e debates por toda a cidade para explicar o que é o 5G.

PremiumPropostas não vinculativas pela Brisa são esperadas até 19 de dezembro

O grupo José de Mello e o fundo Arcus, que controlam a maioria do capital, colocaram à venda 80% da empresa (40% cada um).
Comentários