Transformação digital já chegou à contabilidade

É um salto quântico na nossa atividade porque permite eliminar todas as tarefas administrativas, sem valor acrescentado.

A transformação digital é um desígnio nacional que até tem direito a pasta ministerial. A sua importância é indiscutível, mas, no entanto, não é tratada de igual forma em todos os sectores produtivos da economia.

Atente-se, por exemplo, no que se passa no sector da contabilidade. Apesar de todos trabalharmos com softwares de gestão há muito tempo, a verdade é que mais de 50% do trabalho desenvolvido pelos contabilistas é, essencialmente, manual. Além disso, com o incremento das responsabilidades declarativas impostas pela Autoridade Tributária (AT) e com as exigências resultantes da digitalização da relação com a AT, os contabilistas estão confrontados com um dilema. Ou são capazes de digitalizar os seus próprios processos de trabalho ou vão ser forçados a “sair de cena”, por incapacidade de resposta às novas exigências legais.

Aliás, este é um problema para o qual, até há bem pouco tempo, não havia resposta. Contudo, há boas notícias. É que já apareceu uma solução no mercado que permite desmaterializar o trabalho dos contabilistas e alcançar aumentos de produtividade e de eficiência global dos seus processos em mais de 60%. A solução inovadora dá pelo nome C-Lab e é uma plataforma destinada a todos os contabilistas certificados individuais e empresas de contabilidade e foi desenvolvida por uma empresa 100% nacional, que tenho o privilégio de liderar.

Em concreto, esta nova plataforma dá resposta a dois processos altamente complexos e consumidores de tempo de trabalho que permaneciam, até aqui, praticamente manuais. Refiro-me à recolha e tratamento automático dos documentos de fornecedores e dos movimentos bancários, e foi construída para funcionar e ser integrada com qualquer programa de contabilidade ou ERP.

Na verdade, o trabalho dos contabilistas tornou-se, desde há uns anos, num calvário, com as consequências naturais de perda de qualidade de vida profissional, até, porque, os clientes não estão dispostos a aumentarem as avenças para compensar o aumento da carga de trabalho. Com esta solução, cremos que encontrámos uma solução que permite aos contabilistas recuperarem a dignidade profissional e, em simultâneo, podem oferecer um melhor serviço aos clientes.

A automatização do lançamento dos extratos bancários e a respetiva reconciliação e automatização da contabilidade dos documentos de fornecedores é feita através da robotização, da inteligência artificial, do machine learning, que ensinam a plataforma a classificar automaticamente os documentos, e da tecnologia OCR, que permite reconhecer caracteres e a extraí-los de um PDF para os campos de lançamento na plataforma. Além disso, permite, ainda, a captura automática de anexos de email e respetiva integração com todos os documentos, que passam, assim, a chegar à Contabilidade por via digital e passam a ser tratados pelo contabilista sem este ter de mexer em papel.

É um salto quântico na nossa atividade que melhores níveis de produtividade das equipas e a redução dos riscos operacionais para níveis historicamente baixos para o nosso sector, porque permite eliminar todas as tarefas administrativas, sem valor acrescentado.

 

Recomendadas

Inacreditável mas verdadeiro

Boris Johnson inaugurou uma nova era em que não são os assessores sacrificados para salvar os ministros, mas o contrário.

Soberanos do tempo (10)

É fundamental dar espaço e tempo ao tempo, para que este aconteça sem imposições prévias e direções pré-estabelecidas. Uma política do tempo não deverá recuar ao primeiro obstáculo.

Esta opinião só tem dois recados

Ninguém gosta de ser chamado de moço ou moça de recados, nem de ver manchada a reputação de independência.
Comentários