Trichet: Lagarde vai fazer “um bom trabalho” e Centeno tem uma “grande responsabilidade” no Eurogrupo

Antigo presidente do Banco Central Europeu diz que a nova responsável pela política monetária da zona euro “tem todas as qualidades necessárias para ser uma muito boa presidente, uma muito boa líder”.

O antigo presidente do Banco Central Europeu (BCE) Jean-Claude Trichet acredita que Christine Lagarde desempenhará com sucesso as funções na liderança da política monetária da zona euro, mesmo “em condições difíceis”. O voto de confiança estende-se a Mário Centeno, como presidente do Eurogrupo, de quem diz que “tem uma grande responsabilidade”.

“Penso que [Christine Lagarde] tem todas as qualidades necessárias para ser uma muito boa presidente, uma muito boa líder, em circunstâncias que são difíceis”, disse Jean-Claude Trichet, em declarações aos jornalistas à margem da conferência “The euro 20 years on: the debut, the present and aspirations for the future”, no Museu do Dinheiro, em Lisboa. “Mas são difíceis, pelo menos desde há 12 anos… E ela sabe disso, porque foi presidente do FMI”.

“Irá fazer um muito bom trabalho no BCE”, vincou.

Questionado sobre o mandato de Mario Centeno como presidente do BCE, Trichet considerou uma “responsabilidade muito grande”, já que tem que integrar as várias posições dos governos económicos e financeiros num único setor, mas disse que espera “ser [um trabalho] muito bem feito”.

Recomendadas

Produção industrial alemã cai para mínimos de uma década

Produção nas fábricas da Alemanha recuou para 5,7% em outubro. Economia da Alemanha volta a dar sinais de fraqueza, depois de ter escapado a uma recessão técnica no terceiro trimestre.

Governo formaliza benefícios fiscais em troca de investimentos de 68 milhões

Estes benefícios fiscais foram concedidos a quatro empresas por apresentarem um “particular interesse para a economia nacional”.

Greta Thunberg já chegou a Madrid para participar em greve climática com 100 mil manifestantes

A ativista ambiental vai participar numa manifestação esta sexta-feira na capital espanhola, com 100 mil participantes a exigir medidas para combater as alterações climáticas.
Comentários