Turismo de Portugal e Fábrica de Startups lançam iniciativa de empreendedorismo para apoiar recuperação do setor

O ‘Tourism Explorers’, vai já na 4ª edição e promete olhar para as mais recentes adversidades como uma oportunidade de inovar e renovar o setor.

Cristina Bernardo

O Turismo de Portugal (TP) e a Fábrica de Startups estão a lançar uma iniciativa de empreendedorismo para apoiar a recuperação do setor.

Trata-se do ‘Tourism Explorers’, a primeira iniciativa lançada pelo Turismo de Portugal e pela Fábrica de Startups no seguimento do Programa FIT – Fostering Innovation in Tourism, apresentado no início deste ano.

“A iniciativa, que vai já na 4ª edição, promete olhar para as mais recentes adversidades como uma oportunidade de inovar e renovar o setor”, explica um comunicado do TP.

Segundo essa nota informativa, “o ‘Tourism Explorers’ é um programa nacional de criação e aceleração de ‘startups’, que acontece em 12 cidades, e pretende capacitar os empreendedores de todo o país ajudando a reduzir as assimetrias regionais, após um período de estagnação do setor”.

A participação é gratuita e as inscrições estão abertas até ao dia 7 de outubro em www.tourismexplorers.pt.

“Numa altura em que se prepara a retoma do setor, a inovação é imprescindível na eficiência das operações, desenvolvimento de novas soluções tecnológicas e ferramentas digitais que melhorem a experiência turística”, são as palavras do comunicado oficial do Turismo de Portugal.

No seguimento da pandemia, “o turismo foi uma das áreas mais castigadas, mas também uma das que continua com enorme potencial. Os ativos do turismo continuam todos cá: as pessoas, os monumentos, o clima extraordinário, a cultura e as histórias”, diz António Lucena de Faria, Fundador e CEO da Fábrica de Startups.

Por seu turno, a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, afirmou que o Governo está a preparar “um plano de retoma a dois anos para o setor do turismo”, que visa restabelecer Portugal como o ‘Melhor Destino Turístico do Mundo’, pelos seus ativos mais tradicional como a praia, sol e gastronomia, mas também responder a “novas oportunidades” que promovam a descentralização da oferta através do turismo de natureza, de bem-estar e de saúde.

É neste sentido que surgem as iniciativas como o ‘Tourism Explorers’ que pretendem “ensinar e ajudar as pessoas que querem criar os seus negócios inovadores” no setor do turismo, como assinala o CEO da Fábrica de Startups.

Dividido em Ideação e Aceleração, o ‘Tourism Explorers’ vai decorrer, em simultâneo (através de ‘live-streaming’), em doze cidades: Aveiro, Beja, Caldas da Rainha, Coimbra, Covilhã, Évora, Faro, Lisboa, Porto, São Miguel (Lagoa e Ponta Delgada), Setúbal e Viseu.

Na Ideação, os participantes vão ter a oportunidade de encontrar soluções inovadoras para aqueles que são os novos desafios do setor. Na Aceleração, as ‘startups’ vão testar e validar o seu modelo de negócio.

Assim, depois de três edições de sucesso, a Fábrica de Startups, em parceria com o Turismo de Portugal, volta a apoiar os participantes a criar novos negócios de sucesso; definir a melhor estratégia para o seu negócio; adaptar o seu negócio a uma nova realidade; aceder a uma rede única de mentores nacionais, parceiros especialistas no setor, potenciais clientes e investidores.

“Lançado em 2017, o ‘Tourism Explorers’ já envolveu mais de 730 empreendedores, espalhados por 17 cidades, e contribuiu para o desenvolvimento de mais de 290 startups. De acordo com o mais recente Relatório de Impacto, 60% das ‘startups’ que participaram neste programa continuam ativas (mas em diferentes fases), 23% recebeu algum tipo de investimento (43% diz ter recebido investimento privado) e 13% conseguiu internacionalizar o seu negócio (sendo que a maior concentração recai sobre Espanha e o Brasil)”, revela o referido comunicado.

De acordo com este documento, entre os casos mais conhecidos de ‘startups’ que participaram no ‘Tourism Explorers’ e que receberam investimento destacam-se a Bag4Days, a Live Electric Tours (também galardoada com o prémio de ‘Melhor Startup de Turismo’, em 2018, nos ‘Startup Europe Awards’), a Sailside e a Try Portugal.

Para a concretização deste programa, são asseguradas parcerias nas diferentes cidades do país, com Escolas de Hotelaria e Turismo, incubadoras da RNI – Rede Nacional de Incubadoras, Universidades e Institutos Politécnicos.

O período de candidaturas prolonga-se até 7 de outubro. O Programa de Ideação decorrerá de 21 a 23 de outubro, enquanto o Programa de Aceleração, se vai estender de 3 a 26 de novembro. A Grande Final Nacional está agendada para 3 de dezembro.

 

Ler mais
Recomendadas

OMS desaconselha reabertura de escolas em países com elevado contágio

A reabertura de escolas em países com elevado contágio pelo novo coronavírus “vai piorar a situação” associada à pandemia da Covid-19, avisou esta quarta-feira o responsável pelo programa de Emergências Sanitárias da Organização Mundial de Saúde (OMS), Michael Ryan.

Farmacêutica Pfizer inicia ensaio clínico com quase 30 mil participantes

A farmacêutica norte-americana Pfizer e a biotecnológica alemã BioNTech iniciaram um ensaio clínico de uma potencial vacina para a Covid-19 envolvendo cerca de 30 mil participantes, foi anunciado esta quarta-feira.

Reino Unido regista 892 contágios e 67 mortos nas últimas 24 horas

O Reino Unido registou esta quarta-feira mais 892 contágios da Covid-19 nas últimas 24 horas, face aos 670 de terça-feira, e mais 67 mortes, anunciou o Governo de Londres.
Comentários