Turismo de Portugal lança campanha internacional para saudar ‘Champions League’

Esta campanha, designada ‘Portugal. Champios Everywhere’, abrange todo o período da competição, até 23 de agosto, nos meios digitais e redes sociais, representando um investimento de cerca de 150 mil euros”.

O Turismo de Portugal (TP) desenvolveu uma campanha promocional para receber a fase final de futebol da ‘Champions League’, que se realiza em Lisboa a partir da próxima semana.

“O ‘Melhor Destino do Mundo’, e Campeão da Europa em título, prepara-se para receber a fase final da Liga dos Campeões e saúda todos os participantes através da campanha ‘Portugal. Champions Everywhere'”, que é “dirigida aos mercados de Espanha, França, Alemanha, Reino Unido e Itália – países que terão clubes representados (…)”.

De acordo com o comunicado, “esta campanha internacional abrange todo o período da competição, até 23 de agosto, nos meios digitais e redes sociais, representando um investimento de cerca de 150 mil euros”.

“O objetivo é reafirmar Portugal como um país de campeões utilizando algum do universo gráfico dos eventos de futebol e convidar os adeptos, o público e todos quantos desejam visitar Portugal a reservar o melhor lugar para descobrir novos ‘spots’, apaixonar-se pelas nossas paisagens e degustar sabores autênticos. Todos podem sentir-se como campões, usufruindo do ‘Melhor Destino do Mundo’ e do que este tem para oferecer”, destaca o referido comunicado.

O Turismo de Portugal assinala que “a disputa pela Liga dos Campeões, a maior competição mundial de clubes de futebol, é o primeiro grande evento desportivo a ter lugar na era Covid-19 e um acontecimento que coloca Portugal, uma vez mais, como palco desportivo internacional de eleição”.

“É também uma oportunidade para mostrar um destino preparado e unido, que, como uma verdadeira equipa e respeitando as diferenças, sabe receber quem o visita como nenhum outro”, adianta o comunicado em questão.

Segundo os responsáveis do TP, “não é por acaso que o país tem sido escolhido para acolher algumas das mais importantes competições e eventos internacionais”.

“Portugal está atualmente no ‘Top10’ dos destinos mundiais que mais recebe e organiza congressos e convenções, tendo subido uma posição desde o ano passado, e ocupa o sétimo lugar a nível europeu, de acordo com o relatório da Associação Internacional de Congressos e Incentivos (ICCA) relativo a 2019”, sublinha o Turismo de Portugal.

De acordo com este organismo, “para além dos seus equipamentos, infraestruturas e competências desportivas, é ainda um dos mais importantes destinos turísticos mundiais com atributos bem reconhecidos: um país seguro, ativo, charmoso, autêntico e, acima de tudo, afável, confiável e que gosta de receber bem”.

“Este é o momento de acarinhar todos aqueles que vivem o futebol de forma intensa e convidá-los a apaixonarem-se por Portugal para que possam, muito em breve, concretizar o desejo de nos visitarem”, defende o Turismo de Portugal.

Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, congratula-se com a escolha do país para receber a fase final da Liga dos Campeões e refere que “num ano excecional, marcado por condicionantes inéditas, a possibilidade de realização de um evento como este vem reforçar a confiança e a inspiração para que todos possam descobrir e desfrutar de Portugal, o ‘Melhor Destino do Mundo'”.

“A todos os participantes e turistas que nos próximos dias nos visitam, sejam muito bem-vindos!”, deseja este responsável.

Ler mais
Recomendadas

Candidato à presidência do SL Benfica apresenta solução financeira em parceria com fintech portuguesa

Este financiamento adotado pela candidatura de Rui Gomes da Silva será efetuado “através das receitas geradas pela utilização de uma Carteira Digital não bancária, com acesso por parte dos sócios e adeptos do Benfica a um cartão visa pré-pago e a um leque de serviços inovadores”.

Governo italiano aprova público nos estádios até um terço da sua capacidade

Estádios como o San Siro, onde atuam o AC Milan e o Inter de Milão, poderão ter, à semelhança do Olímpico de Roma, uma lotação de até 25/26 mil pessoas.

“Jogo Económico”: “Benfica pagou 1,8 milhões a um jogador que causou rombo nas contas de 37,4 milhões”

O economista e ex-futebolista, Diogo Luís, fez às contas às perdas do SL Benfica na noite europeia de Salónica: aos 37,4 milhões de euros que as ‘águias’ iriam receber pela entrada na fase de grupos junta-se 1,8 milhões pagos aos jogador que selou a eliminação dos ‘encarnados’.
Comentários