Universidade do Porto acolhe cimeira sobre a saúde global e o ensino superior na Europa

Os gestores Paulo Macedo, António Portela e Artur Santos Silva e o maestro Rui Massena pontificam entre as três dezenas de oradores vindos de várias universidades europeias para a primeira cimeira da EUGLOH, que esta quarta-feira arranca na Universidade do Porto.

Universidade Porto

Arranca esta quarta-feira, 13 de outubro, na Universidade do Porto (U.Porto) a primeira cimeira da EUGLOH, a aliança de universidades europeias que junta cinco instituições entre as quais a U.Porto. O evento é híbrido e termina na sexta, 15.

Ao longo dos três dias, os membros das cinco universidades parceiras – U.Porto, Paris-Saclay (França), Lund (Suécia), Ludwig-Maximilian de Munique (Alemanha) e Szeged (Hungria) – vão refletir sobre os desafios interdisciplinares relacionados com a Saúde Global e o Ensino Superior na Europa.

António Portela, CEO da Bial, Artur Santos Silva, da Fundação Artur Santos Silva, Paulo Macedo, CEO da CGD, o maestro Rui Massena e os professores Henrique Barros, Fernando Jorge Monteiro, Joana Resende, Adriano Bordalo Sá, Alípio Jorge, Ana Lehmann e Manuel Castelo Branco pontificam entre as três dúzias de oradores de várias nacionalidades.

Numa primeira fase, a European University Alliance for Global Health está focada na promoção da mobilidade de estudantes, docentes e investigadores entre as diferentes universidades envolvidas. Na fase seguinte, estas universidades vão trabalhar na criação de programas de ensino conjuntos, partilha de recursos, ferramentas e infraestruturas. Em conjunto, as instituições   albergam mais de 200 mil estudantes.

A aliança tem como objetivo melhorar a qualidade e performance das instituições envolvidas, reforçando a atratividade e competitividade das cinco universidades na Europa e no mundo. Nos próximos 10 anos, a EUGLOH quer afirmar-se como uma referência internacional do ensino superior, através da ligação sólida entre o conhecimento teórico e as competências profissionais necessárias à Europa do futuro.

Recomendadas

Ex-ministro Adalberto Campos Fernandes vai coordenar Ciências da Saúde na Europeia

A Universidade Europeia tem previsto “um forte investimento” na área da saúde, nomeadamente em tecnologia, inovação, capital humano e novos programas, revela a reitora Hélia Gonçalves Pereira.

Foguetes construídos por universitários lançados em Santa Margarida

Portugal recebe até domingo, 17 de outubro, a maior competição mundial de foguetes desenhados e construídos por estudantes universitários. A maior parte das atividades decorrem amanhã, sexta-feira, e no sábado.
Universidade Aveiro

Colocados 9.154 alunos na segunda fase de acesso ao ensino superior. Veja aqui se entrou

Apresentaram-se a concurso 22953 candidatos nesta segunda fase, que tinham disponíveis 11649 vagas, às quais acresceram 1857 vagas libertadas por candidatos colocados e matriculados na primeira fase que foram agora colocados.
Comentários