UIP abre mais de 350 empregos nas suas unidades hoteleiras

O grupo responde por vários hotéis e outros negócios na área do turismo e do imobiliário. O seu recente negócio está concentrado em Gaia e prevê um investimento de 200 milhões de euros.

Foto cedida

A United Investments Portugal (UIP) vai promover um conjunto de dias de recrutamento aberto, o ‘Be Bright Open Day’, com o objetivo de atrair interessados nas mais de 350 vagas na área da hotelaria para as diferentes unidades do grupo em Portugal: Pine Cliffs Resort, Sheraton Cascais Resort, YOTEL Porto (com inauguração prevista para abril de 2020) e Hyatt Regency Lisboa (com abertura prevista para o início de 2021).

A sul, os eventos ‘Be Bright Open Day’ decorrem no Pine Cliffs Resort já nos dias 18 e 19 de fevereiro; na zona de Lisboa, os dias de recrutamento aberto estão marcados para 6 e 7 de março na Sala Guincho do Sheraton Cascais Resort.

O ‘Be Bright Open Day’ tem como objetivo a captação de novos talentos para as diferentes unidades da UIP em Portugal, refere comunicado oficial, numa fase em que o grupo está a reforçar o investimento no país, em áreas tão distintas como housekeeping, cozinha, bares e restauração, receção, concierge, lazer e desporto, spa, fitness e manutenção, entre outros.

Os candidatos deverão fazer a inscrição no site da United Investments Portugal e levar o curriculum vitae impresso.

A United Investments Portugal, membro do Al-Bahar Investment Group e nome de suporte ao Pine Cliffs Resort, Sheraton Cascais Resort,  Serenity – The Art of Well Being e do Hyatt Regency Lisboa, com abertura prevista para o último trimestre de 2020.

O Pine Cliffs Resort tem sido o ponto de referência para todos os projetos do grupo, “combinando excelentes oportunidades de investimento no imobiliário e produtos de propriedade de férias com experiências de luxo”.

A UIP é também acionista do Yotel Hotel Group, marca que ocupa o primeiro lugar no Top 9 dos ‘Leading Hotel Technological Brands’ com hotéis em Nova Iorque, São Francisco, Boston, Singapura, Europa e, mais recentemente, Istambul.

Um dos mais recentes negócios do grupo árabe sucedeu também na rehião do Porto, com a aquisição da Quinta Marques Gomes em Gaia. O projeto de luxo prevê uma forte componente residencial e um empreendimento hoteleir e compreende um investimento aproximado de 200 milhões de euros, a realizar entre cinco e sete anos.

O projeto já se encontra em fase de construção e contará com um boutique hotel com uma marca internacional, uma unidade Serenity Spa, e restauração, para além de uma forte componente de Real Estate de luxo que combina turismo residencial e unidades de primeira e segunda habitação – com a a venda imobiliária já em curso.

Ler mais
Recomendadas

PremiumIsraelitas já têm planos para mais hotéis em Lisboa

O grupo Fattal vai abrir um hotel de quatro estrelas na baixa de Lisboa em 2022, num investimento de 20 milhões. A companhia detém 200 hotéis e procura mais oportunidades em Lisboa, Porto, Estoril e Algarve.

PremiumPortugueses dominam negócio milionário dos transplantes capilares

Alta tecnologia e investigação científica promovida por Paulo Ramos, associado aos fundos Vallis-Hermes e a CR7, permitiu criar rede que fatura milhões.

PremiumJerónimo Martins vai investir até 750 milhões para ter mais 290 lojas em 2020

Ara, na Colômbia, vai ter mais 130 lojas, e Biedronka, na Polónia, mais 100. Em Portugal, o Pingo Doce vai apostar num novo conceito de loja.
Comentários