Unicâmbio arranca parceria com BBVA Consumer Finance em nove balcões para dar crédito pessoal

Depois de ter avançado no negócio da compra do Ouro em 2020, a agência de câmbios e de transferências de dinheiro está agora autorizada pelo Banco de Portugal a intermediar crédito pessoal.

A Unicâmbio entrou em 2021 numa nova área de negócio – intermediação de créditos pessoais até 5 mil euros. Esta nova oferta da Unicâmbio resulta da parceria com o BBVA Consumer Finance, empresa do Grupo BBVA.

Numa primeira fase, o Crédito Pessoal Unicâmbio estará disponível em nove balcões (Braga Parque, Aveiro, Leiria, Alegro de Alfragide, Colombo, Oeiras Parque, Fórum Algarve, Olhão e Funchal). O objetivo, claro está, passa por alargar a oferta a toda a rede Unicâmbio que inclui 77 lojas de Norte a Sul do País.

Depois de ter avançado no negócio da compra do Ouro em 2020, a agência de câmbios e de transferências de dinheiro está agora autorizada pelo Banco de Portugal a intermediar crédito pessoal.

“O negócio do ouro permitiu-nos compreender melhor aquilo que são as necessidades dos nossos clientes. O crédito pessoal surge para responder a esses pedidos e passa a ser mais uma resposta da Unicâmbio às dificuldades que muitos portugueses estão a atravessar”, explica o administrador Paulo Jerónimo.

“A nova oferta de Crédito Pessoal da Unicâmbio permite transformar os projetos dos clientes em realidade, de forma simples e rápida. A resposta à proposta é imediata. Este crédito está disponível para qualquer finalidade e de domiciliação livre, não sendo obrigatório o cliente ter conta no BBVA”, diz a Unicâmbio.

Recomendadas

Moody’s atribui ao Crédito Agrícola o mesmo rating de suporte acionista da CGD

Crédito Agrícola recebeu uma notação de risco da agência Moody’s de nível “Ba1” (lixo) em relação ao Baseline Credit Assessment (BCA), naquele que é o primeiro rating atribuído à instituição liderada por Licínio Pina. A classificação é igual à da CGD neste rating. Os bancos com melhor rating são o Santander e o BPI e os piores o Montepio e Novo Banco.

CGD limita impressão de talões de saldos e movimentos a um por semana

Segundo o “Jornal de Negócios” os talões impressos quando há levantamento de dinheiro vão poder continuar a ser requisitados sempre que o cliente precisar.

BPI, Multibanco e Fidelidade lideram marcas do sector financeiro com melhor reputação

Numa escala de 100 pontos, este estudo destaca as três marcas com melhor avaliação: a Nestlé com o melhor índice de reputação e relação emocional com 86,2 pontos, logo seguida pelas marcas Delta e Olá com 85,8 pontos e 84,1 pontos respetivamente.
Comentários