Universidade Católica no Porto torna-se parceira da Porsche e reforça ligação às empresas

A criação da sala Porsche e a integração da prestigiada marca automóvel no Clube de Empresas do MBA Executivo da Católica Porto Business School são resultado da parceria estabelecida entre as duas instituições.

A Universidade Católica Portuguesa no Porto e a empresa Porsche estabeleceram uma parceria que visa estreitar relações e inclui iniciativas como a criação da sala Porsche, equipada com a mais recente tecnologia, e a integração da prestigiada marca automóvel no Clube de Empresas do MBA Executivo da Católica Porto Business School.

A inauguração oficial da sala Porsche decorreu quarta-feira, 15 de setembro, dia em que teve início mais uma edição do MBA Executivo da escola de negócios da Católica na cidade Invicta. “A sala foi pensada para as várias atividades académicas, tendo servido já de palco para a apresentação por parte dos alunos do MBA Executivo de um trabalho desenvolvido para a Porsche, no âmbito do Módulo de Marketing”, explica a instituição.

O Clube de Empresas do MBA Executivo da Católica Porto Business School tem como objetivo “formalizar e operacionalizar uma plataforma de interação entre as empresas e a universidade, tendo em vista agilizar de modo eficiente e eficaz a transferência de conhecimento e de tecnologia”.

“A estreita relação entre a universidade e o tecido empresarial é uma das missões de uma universidade. Se o ensino e a investigação são, sem sombra de dúvidas missões centrais da Católica, a transferência de conhecimento para a sociedade e para as empresas não é menos importante. Na Católica somos o espaço para o desenvolvimento de soluções sociais, económicas e científicas focadas na criação de valor e orientadas para o desenvolvimento de projetos em parceria com o setor empresarial”, afirma Isabel Braga da Cruz, presidente da Católica no Porto.

Hugo Ribeiro da Silva, diretor executivo do Centro Porsche Porto e do Centro Porsche Braga reforça as palavras de Isabel Braga da Cruz, salientando: “a parceria traz, sem dúvida, um grande valor acrescentado. Em primeiro lugar porque ser parceiro de uma instituição tão prestigiada como a Universidade Católica, por si só já acrescenta valor. Por outro lado, através da sua Business School, a Universidade Católica partilha muito do conhecimento que é portadora, nomeadamente a sua visão sobre os futuros desafios da economia e do mercado”.

Por último, acrescenta o gestor: “esta parceria permite-nos dar a conhecer a nossa empresa aos excelentes membros do seu corpo docente, assim como aos alunos das respetivas formações académicas ministradas pela escola. Através desta parceria a nossa empresa e as marcas que representamos podem criar sinergias para desenvolvimentos dos próprios negócios.”

 

 

Recomendadas

Como se reduz o défice de qualificações na sociedade portuguesa?

O défice de qualificações em Portugal é antigo, tem vindo a ser combatido e pode ser vencido a prazo. Uma antiga ministra do Ensino Superior e quatro responsáveis pelos destinos atuais da academia dão-nos o seu contributo com vista à solução do problema.

Líder da Fenprof: “Desde o abaixo assinado à greve, tudo está em cima da mesa”

No arranque do novo ano letivo, Mário Nogueira denunciou, esta sexta-feira, a falta de professores, alertou para a precariedade e para a falta de investimento na educação e garantiu que os professores vão à luta. Para 5 de outubro, Dia Mundial do Professor, está marcado um protesto de docentes.0

Candidaturas aos estágios internacionais INOV Contacto arrancam esta quarta-feira

Estão disponíveis cerca de 200 estágios remunerados para qualquer área de formação. O programa gerido pela AICEP, que este ano comemora a 25,ª edição, abriu portas a seis mil jovens portugueses em 82 países.
Comentários