Variante Delta perto de se tornar dominante a nível global, alerta OMS

A variante detetada na Índia já representa mais de 90% dos novos casos no Reino Unido e em Moscovo. Em Portugal, as autoridades de saúde já alertaram para uma transmissão comunitária em Lisboa e Vale do Tejo, o que poderá justificar o aumento de novos casos.

A variante Delta, descoberta na Índia, caminha a passos largos de se tornar na variante dominante a nível mundial, alertou a Organização Mundial de Saúde (OMS). A estirpe, que já representa mais de 50% dos casos em Lisboa e Vale do Tejo (LVT) e impulsionou a uma transmissão comunitária na região, tem vindo a motivar um aumento de novos casos por Covid-19.

Soumya Swaminathan, cientista chefe da OMS, afirmou em conferência de imprensa, esta sexta-feira, que a “variante Delta está perto de se tornar a variante global devido à sua elevada transmissibilidade”, cita a “Reuters”.

Se em LVT as autoridades de saúde e membros do Governo já admitem que o número elevado de casos pode estar associado a esta estirpe — foram confirmadas 1281 novos casos nas últimas 24h, sendo que desses 66% situam-se na região de LVT —, na Rússia, a variante Delta já representa mais de 90% dos casos e no Reino Unido, 99%.

A região de Moscovo registou 9.056 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, o número máximo de contágios num só dia desde o início da pandemia. Por sua vez, em terras de sua Majestade, somaram-se mais 33.630 casos da variante Delta, desde a semana passada. Com estes dados, sobe para 75.953 o número de casos confirmados desta estirpe. Na Alemanha, as autoridades de saúde também já admitem a possibilidade deste vírus se tornar dominante nas próximas semanas.

Além deste alerta, a responsável não escondeu estar desiludida em relação à baixa eficácia da vacina alemã CureVac. Os dados divulgados esta semana, indicam que o fármaco tem uma eficácia de 47%. Além dos dados relativamente à eficácia da vacina, a farmacêutica alemã revelou que durante os ensaios clínicos, circulavam no país cerca de 13 variantes da Covid-19.

Recomendadas

Portugal com oito óbitos e 2.625 novos casos de Covid-19

O número de vítimas mortais é de 17.292, enquanto o total de casos confirmados subiu para 953.059 .

Covid-19: Pelo menos 4.156.164 mortos e 193,6 milhões de casos no mundo

A covid-19 matou pelo menos 4.156.164 pessoas em todo o mundo desde que o início da pandemia, no final de dezembro de 2019, segundo um relatório da AFP com base em fontes oficiais.

Portugal com 3.396 casos confirmados e 20 mortes por Covid-19. Internamentos voltam a descer

Apesar do aumento de novos casos de infeção, registou-se um abrandamento no número de internados em enfermaria. Nas últimas 24 horas, estão menos 20 pessoas doentes internadas, para um total de 835 pessoas.
Comentários