PremiumVêm aí as universidades europeias

Iniciativa da Comissão Europeia envolve 41 alianças transnacionais, que prometem mudar o panorama futuro do ensino superior na Europa.

Duas décadas depois da implementação do Processo de Bolonha, as Universidades Europeias começam a ganhar forma. A iniciativa da Comissão Europeia de impulsionar alianças transnacionais de instituições de ensino superior de toda a União, mobiliza já 41 Universidades Europeias, envolvendo 280 universidades e politécnicos e apoios de 287 milhões de euros do orçamento comunitário.

Várias instituições portugueses estão na fundação de propostas que prometem mudar o panorama futuro do ensino superior europeu. A Universidade de Aveiro é uma delas. Esteve na génese da Universidade ECIU e está profundamente apostada no seu desenvolvimento, conforme revela Paulo Jorge Ferreira, o reitor da UA, ao Jornal Económico. “A Universidade ECIU acabou de produzir um documento com a visão para 2030, e está a preparar-se para o futuro a uma escala temporal muito diferente da que teria um vulgar projeto”.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Regresso à normalidade no ensino superior ainda não será este ano

As instituições de ensino superior não antecipam a retoma integral do ensino presencial até ao final do ano letivo, mas esperam que o plano de desconfinamento lhes permita voltar ao ensino misto rapidamente para recuperar aulas práticas.

Professores e diretores de escolas pedem para ser consultados na elaboração do plano de desconfinamento

Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas e Federação Nacional de Professores defendem que o Governo devia adotar medidas como testagem em massa nas escolas, bem como a da priorização dos professores quanto à vacinação.

“Sentimos que a indústria reconhece o valor da Universidade enquanto parceira”

Virgílio Cruz Machado destaca a importância de produzir ciência em parceria com o tecido industrial para que Portugal possa vir a posicionar-se melhor nos mercados internacionais. A Faculdade que dirige vai adotar a designação Nova School of Science and Technology para impulsionar a internacionalização.
Comentários