Venda de combustível nos postos de abastecimento cai mais em fevereiro

Daí que a procura e consumo de produtos petrolíferos devam aumentar, sobretudo a partir do segundo semestre deste ano, devendo apesar de tudo “começar a ser sentido de forma mais clara a partir dos meses de abril e maio deste ano”.

As vendas de combustíveis nos postos de abastecimento em Portugal acentuaram a queda em termos homólogos, passado de 22,84% em janeiro para 32,74% em fevereiro, devido ao confinamento geral, revelou esta terça-feira a Entidade Nacional para o Sector Energético.

“Em Portugal registou-se em fevereiro uma descida um pouco mais acentuada face aos valores verificados no mês anterior, tendo havido uma descida homóloga de 32,74%, para 252.436.171,29 litros, face a fevereiro de 2020, que compara com a redução de 22,84% verificada em janeiro face ao mesmo mês do ano anterior”, refere a ENSE em comunicado.

Estes valores, que resultam do reporte efetuado diretamente pelos postos de abastecimento através do balcão único da energia, mostram que no gasóleo rodoviário se verificou uma queda de 30,24% em fevereiro, para 198.111.730,81 litros, face a igual mês do ano anterior.

Quanto à gasolina rodoviária há a registar uma descida de 40,54%, para 54.324.440,47 litros, na comparação com idêntico mês do ano anterior, lê-se na nota divulgada.

No entanto, é expectável que seja sentida “uma retoma nos valores de vendas a partir de meados de março”, sendo que todos os organismos internacionais continuam a projetar um acelerar dos indicadores de atividade económica.

Daí que a procura e consumo de produtos petrolíferos devam aumentar, sobretudo a partir do segundo semestre deste ano, devendo apesar de tudo “começar a ser sentido de forma mais clara a partir dos meses de abril e maio deste ano”, conclui.

Ler mais

Recomendadas

Confederação do Turismo: abertura do corredor turístico com Reino Unido é “ótima notícia”

Questionado se está preocupado que a forte afluência de turistas nesta fase possa fazer aumentar o número de novas infeções por covid-19, o presidente da CTP afirmou que não, sustentando que tal se deve ao facto de “todos os turistas, sem exceção,” terem de apresentar “um teste negativo realizado nas 48 horas anteriores” a desembarcarem em qualquer um dos aeroportos nacionais.

Portugal recebe 55,5 milhões de euros de Fundo de Solidariedade da UE após novo aval do PE

Em causa está um ‘bolo’ total de 484,2 milhões de euros do Fundo de Solidariedade da União Europeia para ajudar regiões europeias atingidas por catástrofes, dos quais 397,5 milhões de euros se destinam a 17 países da UE e três países candidatos para enfrentarem a Covid-19.

Merlin vai investir 150 milhões de euros na plataforma logística de Castanheira do Ribatejo

Na cerimónia de inauguração deste emprendimento logístico, que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita, o CEO da Merlin Properties revelou que o grupo dispõe de um total de ativos sob gestão que já ascendem a cerca de 12 mil milhões de euros, gerando um rendimento anual de cerca de 500 milhões de euros
Comentários