Venda de veículos elétricos novos mais que duplicou na Europa

A venda de viaturas 100% elétricas novas na Europa correspondeu, no segundo trimestre, a 7,5% das vendas totais de viaturas novas. Mais de 210.000 veículos foram vendidos.

O mercado de veículos elétricos mais do que duplicou as vendas de viaturas novas na Europa no segundo trimestre, anunciou a Associação de Construtores Europeus de Automóveis (ACEA).

As viaturas 100% elétricas representam 7,5% das vendas na Europa, contra 3,5% no segundo trimestre de 2020. Mais de 210.000 veículos foram vendidos (+231,6%), com fortes aumentos na Espanha e na Alemanha, em particular, mas também na Áustria e na Bélgica.

Os automóveis a gasolina, cuja venda de veículos novos a Comissão Europeia propôs que termine na União Europeia (UE) a partir de 2035, representam menos de metade das vendas, com 1,17 milhões de veículos vendidos, o que corresponde a 41,8% do mercado, contra 51,9% no segundo trimestre de 2020.

Os híbridos recuperaram 19,3% do mercado, atrás dos carros a diesel (20,4%, contra quase 30% em 2020). Os híbridos plug-in representam 8,4% do mercado, impulsionados por fortes vendas em Itália.

Muitos construtores automóveis assumiram o compromisso de apostar em veículos elétricos, com a promessa de eliminar os motores de combustão das suas gamas até à década de 2030.

Recomendadas

Carlos Tavares deixa administração da Airbus em 2022

“Esta decisão pessoal deve permitir a Carlos dedicar todo o seu tempo profissional para conduzir a Stellantis ao sucesso”, refere esta sexta-feira a empresa do sector automóvel.

Produção automóvel em Portugal aumenta 17,5% entre janeiro e agosto

Em agosto, foram produzidos em Portugal 3.209 veículos automóveis, traduzindo quedas de 78,6% face a agosto de 2020 e de 76,6% face ao mesmo mês de 2019, dados que a associação diz espelharem o “forte” impacto da pandemia da covid-19 nas fábricas portuguesas.
Comentários