Vendas da Mercedes-Benz em Portugal sobem em março para 1.210 veículos

A marca destacou ainda a “excelente performance da estrela no segmento de xEV (carros elétricos e híbridos plug-in), onde continua liderar o mercado”, com 522 unidades vendidas no mês de março e detendo um quota de mercado de 52,6%.

1 – Mercedes Benz

A Mercedes-Benz revelou esta quinta-feira que alcançou, em março, “uma vez mais”, a 2.ª posição no mercado português, com as vendas a crescerem 1,5%, para 1.210 unidades, face ao mês homólogo do ano passado.

A elevada procura pelos seus automóveis, 1.210 unidades vendidas e uma quota de mercado de 9,5%, permitiram também à Mercedes-Benz “continuar a ocupar a 1.ª posição no segmento ‘premium’ em Portugal”, refere a empresa em comunicado.

A marca destacou ainda a “excelente performance da estrela no segmento de xEV (carros elétricos e híbridos plug-in), onde continua liderar o mercado”, com 522 unidades vendidas no mês de março e detendo um quota de mercado de 52,6%.

No primeiro trimestre foram vendidos pela a Mercedes-Benz 1.282 veículos, dos quais 37 totalmente elétricos (BEV) e 1.246 veículos híbridos ‘plug-in’ (PHEV), lê-se na nota divulgada.

Quanto às vendas da divisão Mercedes-Benz Cars, estas totalizaram 590.999 veículos ligeiros de passageiros, o que representou um crescimento de 22,3% no primeiro trimestre deste ano, o que é justificado pelo impulso dado pela China e Estados Unidos, bem como pela elevada procura por modelos híbridos ‘plug-in’ e totalmente elétricos.

Na Europa, um em cada quatro veículos comercializados das marcas Mercedes-Benz e smart é um modelo xEV, lê-se no comunicado.

Em termos globais, os modelos híbridos ‘plug-in’ e totalmente elétricos representaram cerca de 10% das vendas totais, com aproximadamente 59.000 unidades, das quais 16.000 são modelos totalmente elétricos.

A empresa refere que se deparou com a atual escassez mundial de fornecimento de semicondutores que afetou as entregas no primeiro trimestre e vai continuar a afetar as vendas no segundo trimestre deste ano.

No entanto, realçou que está a “monitorizar atentamente” esta situação e que se encontra em permanente contacto com os fornecedores.

As vendas globais da Mercedes-Benz subiram 21,8% no primeiro trimestre, para 581.270 unidades, face a igual período do ano anterior.

Para tal, a China contribuiu com um novo recorde de vendas (222.520 unidades), mais 60,1% em termos homólogos, enquanto nos Estados Unidos, nos primeiros três meses deste ano foram vendidos 78.256 veículos, mais 15,5% que em idêntico período do ano passado.

Ler mais
Recomendadas

Apritel afrima que Portugal está “na liderança da descida de preços nos pacotes” de comunicações

A associação aponta que “mais uma vez o preço das comunicações desce mais em Portugal do que na Europa” e que o país está “na liderança da descida de preços nos pacotes de comunicações”, subscritos por 88% das famílias portuguesas.

Portugal respondeu a Bruxelas sobre atraso na adoção de diretiva das telecomunicações dez dias depois do prazo

A Comissão Europeia está agora a avaliar os argumentos apresentados por Portugal para explicar o atraso na adoção da diretiva europeia. Dos 24 Estados-membro alvo de um processo de infração apenas a Dinamarca concluiu a transposição. Há 15 países na mesma situação que Portugal.

Transportes ferroviários e alfândegas são os principais obstáculos ao desenvolvimento do sector logístico em Portugal

“Relativamente à utilização dos diferentes modos de transporte, continua a verificar-se uma forte dependência do transporte rodoviário, com impactos negativos ao nível da sustentabilidade ambiental”, destaca, em exclusivo ao Jornal Económico, Raul de Magalhães, presidente da Aplog, referindo-se a um das conclusões do estudo feito em parceria com a consultora KPMG.
Comentários