Vendas de automóveis ligeiros cresce 8,4% em 2018. ‘Elétricos’ em destaque

Os carros a diesel e a gasolina continuam a dominar o mercado. Mas os elétricos começam a ganhar terreno com as vendas de 2018 a serem superiores às vendas entre 2010 e 2016. Renault, Peugeot e Fiat entre as marcas mais vendidas em Portugal.

Segundo os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), a que o Jornal Económico teve acesso, durante o mês de agosto foram vendidos 15.360 automóveis ligeiros em Portugal, o que representa um crescimento de 28,7% face ao mês homólogo. No acumulado do ano, até 31 de agosto de 2018, foram vendidas 169.906 viaturas ligeiras, um acréscimo de 8,4% face a igual período de 2017.

Diesel têm preferência mas elétricos crescem

O mercado dos ligeiros continua a ser maioritariamente composto pelos carros a diesel e a gasolina que, em conjunto, representam 93% dos carros vendidos entre janeiro e agosto de 2018. Segundo a ACAP, nos primeiros oito meses do ano, foram vendidos 68.921 carros ligeiros a gasolina e 89.875 ligeiros a diesel. Se no primeiro caso, o número de vendas de carros a gasolina aumentou 26,5% em termos homólogos, já o número de vendas de carros a gasóleo retraiu 6,3%, em igual período.

Os carros ligeiros híbridos, plug-in e elétricos representaram 5,7% do total das vendas no acumulado de 2018 até 31 de agosto, com 9.757 carros vendidos. Entre estes, destaque para a ‘performance’ dos elétricos, com 2.451 vendas entre janeiro e agosto, o que representa um crescimento de 145,8% em termos homólogos. Os plug-in pure hybrid electric vehicle (PHEV) também registaram um desempenho positivo nos primeiros oito meses do ano, com um crescimento de 78%, totalizando 2.333 unidades vendidas.

De resto, já foram vendidos mais carros elétricos em 2018 do que entre 2010 e 2016 – 2.451 contra 2.053. Também, no decurso deste ano, já foram vendidos mais carros elétricos em oito meses do que no ano todo de 2017 (1.640 unidades vendidas).

Que marcas preferem os portugueses?

Nos ligeiros, os portugueses preferem as marcas Renault, Peugeot, Fiat, Mercedes-Benz e Nissan. Em conjunto, entre janeiro e agosto deste ano, estas cinco marcas têm 50% da quota de mercado, com 85.053 unidades vendidas. Neste período, surge a Renault destacada com 25.026 unidades vendidas, bem acima da segunda posição, ocupada pela francesa Peugeot, com 16.502 viaturas vendidas.

Entre os cinco modelos mais vendidos, a Renault aparece com três carros, Clio, Captur e Megane, com as primeira, terceira e quarta posições, respetivamente. Em segundo lugar surge o Peugeot 208 e, a fechar o Top 5, surge o Nissan Qashqai.

Ler mais

Recomendadas

Abertos concursos para escolas contratarem 800 novos técnicos especializados

As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos especializados no âmbito do plano de desenvolvimento pessoal, social e comunitário, lançado recentemente, e tendo como finalidade o próximo ano letivo”, lê-se num comunicado hoje divulgado pelo Ministério da Educação.

Portugal com 213 casos de infeção e três mortes por Covid-19

Região de Lisboa e Vale do Tejo regista o número mais elevado de infeções ao dia de hoje, tendo confirmado mais 1447 casos em relação aos dados da véspera. O número de casos recuperados em Portugal aumentou para 37.840.

Durão Barroso considera que Fundo de Recuperação acordado em Bruxelas é “uma orgia financeira”

O antigo presidente da Comissão Europeia Durão Barroso defende que a Portugal terá de fazer uma boa gestão dos fundos comunitários e que a Assembleia da República deve reforçar o seu papel de fiscalização sobre a sua aplicação.
Comentários