Venture capital movimentou 457 milhões de euros até outubro

O relatório do Transactional Track Record revela que o apetite dos fundos de venture capital consumou-se numa aposta em empresas de Tecnologia (17 negócios no ano), Internet (nove) e Turismo, Hotéis e Restaurantes (cinco).

Os 35 investimentos em venture capital em Portugal em 2018 movimentaram 456,97 milhões de euros até outubro, de acordo com o último relatório do mercado transacional em Portugal do Transactional Track Record (TTR), divulgado esta quinta-feira. Naquele que é o último dia da maior conferência de tecnologia e empreendedorismo do mundo, a Web Summit, há novos sinais de avanço no investimento em capital de risco em Portugal. Só em outubro houve cinco negócios anunciados, mais 67% do que no mesmo mês do ano passado.

O apetite dos fundos de venture capital consumou-se numa aposta em empresas de Tecnologia (17 negócios no ano), Internet (nove) e Turismo, Hotéis e Restaurantes (cinco). Juntamente com os investimentos de private equity, houve 23 transações entre janeiro e outubro, o que representa uma subida de 64,3% face a igual período de 2017.

No mês passado, a as fusões e aquisições (M&A) de empresas aumentaram 19%,23 em termos homólogos, contabilizando 31 operações, tendo-se destacado novamente o setor imobiliário – que já soma 67 transações só este ano –, à semelhança do que tem vindo a acontecer desde 2017.

“O mercado português soma no ano 109 transações em que empresas nacionais foram adquiridas por companhias estrangeiras, e destas, 29 foram investimentos realizados por empresas com sede em Espanha. No total somam-se 2,1 mil milhões de euros aportados por vizinhos ibéricos em solo português. Destas operações, 12 tiveram como alvo o mercado imobiliário, que permanece como o mais visado por empresas estrangeiras”, pode ler-se no documento.

Ranking de assessorias jurídicas (outubro 2018)
PLMJ (10,7 mil milhões de euros)
Morais Leitão (10 mil milhões de euros)
SRS Advogados (9,2 mil milhões de euros)

 

Ranking de assessorias financeiras (outubro 2018)
Millennium bcp (9,5 mil milhões de euros)
Bank of America (9,1 mil milhões de euros)
Citigroup (9,1 mil milhões de euros)

*Por valor total de transações

Ler mais
Recomendadas

CEO portugueses acreditam que inteligência artificial vai criar mais empregos do que destruir

O estudo “Global CEO Outlook”, elaborado pela consultora KPMG, concluiu também que os líderes empresariais portugueses (92% dos inquiridos) estão mais otimistas em relação ao crescimento da economia global do que os seus congéneres mundiais (78%).

PremiumValadas Coriel vai apostar na assessoria a negócios de arte

A sociedade de advogados liderada por João Valadas Coriel tornou-se em 2018 na segunda portuguesa a ter presença na Costa do Marfim, em parceria com o escritório de Eric Kondo.

Os auxílios de Estado e a fiscalidade, ligações perigosas?

As regras de auxílios de estado em matéria tributária representam hoje um foco adicional de apreensão na já difícil gestão da política fiscal de incentivo ao investimento e na busca de corretas alocações dos benefícios fiscais entre empresas e setores.
Comentários