Viciado em café? Afinal, beber 25 chávenas por dia não prejudica o coração

Cientistas da universidade de Queen Mary em Londres realizaram a experiência em cerca 8.500 pessoas e concluíram que as artérias não ficam mais danificadas se beber cinco ou 25 cafés diariamente.

Se é daquelas pessoas que bebe vários cafés diariamente saiba que o seu coração e artérias não ficam mais afetados pela quantidade de cafeína ingerida. Esta é pelo menos a conclusão de um estudo realizado em Inglaterra, e divulgado pelo jornal “The Guardian”, que revela que beber entre cinco ou 25 cafés por dia não danifica o coração.

Cientistas da universidade de Queen Mary em Londres realizaram a experiência em 8.412 pessoas e que foram submetidas a exames de ressonância magnética e medidas de pulsação cardíaca. Os resultados mostraram que as artérias não ficaram mais danificadas depois de beberem cinco ou 25 cafés diariamente, mesmo tendo em conta fatores como a idade, o peso e tabagismo.

Os especialistas dividiram as 8.412 pessoas em três grupos, com o primeiro grupo a beber menos de um café por dia, o segundo entre um e três cafés diários, e o terceiro mais de três chávenas de café por dia, sendo que algumas pessoas deste último grupo bebiam até 25 cafés por dia, embora o número médio de pessoas deste grupo fosse de cinco chávenas por dia.

Este estudo foi parcialmente financiado pela Sociedade Britânica do Coração (BHF na sigla inglesa), e foi apresentado numa conferência da Sociedade Britânica Cardiovascular (BHS) em Manchester. “Embora não possamos provar um nexo de causalidade neste estudo, a nossa investigação indica que o café não é tão mau para as artérias como os estudos anteriores sugerem”, refere o médico Kenneth Fung da universidade de Queen Mary.

Esta investigação está a gerar polémica já que estudos anteriormente divulgados sugerem a necessidade de reduzir drasticamente a quantidade de cafés ingeridos por dia, sob o risco das pessoas poderem vir a sofrer um acidente vascular cerebral (AVC).

Recomendadas

Atenção às excursões. O barato pode sair caro, alerta Deco

Se comprou um produto e vem a arrepender-se, tratando-se de um contrato celebrado fora do estabelecimento comercial – o consumidor tem direito a resolver o contrato nos 14 dias subsequentes (a contar do dia em que o consumidor recebe esse produto).

Economize: Orçamento familiar. Devo dar semanada ou mesada ao meu filho?

As semanadas ou as mesadas devem ser usados na educação financeira das crianças pois são o melhor instrumento para ensinar a fazer e gerir um orçamento desde cedo.

“Overtourism”: Estas 10 cidades estão a ser engolidas pelo turismo em massa

Com cada vez mais viajantes, o conceito de turismo em excesso alargou-se a mais destinos. Conheça os países que vão ser as principais vítimas deste fenómeno na próxima década.
Comentários