Viciado em café? Afinal, beber 25 chávenas por dia não prejudica o coração

Cientistas da universidade de Queen Mary em Londres realizaram a experiência em cerca 8.500 pessoas e concluíram que as artérias não ficam mais danificadas se beber cinco ou 25 cafés diariamente.

Se é daquelas pessoas que bebe vários cafés diariamente saiba que o seu coração e artérias não ficam mais afetados pela quantidade de cafeína ingerida. Esta é pelo menos a conclusão de um estudo realizado em Inglaterra, e divulgado pelo jornal “The Guardian”, que revela que beber entre cinco ou 25 cafés por dia não danifica o coração.

Cientistas da universidade de Queen Mary em Londres realizaram a experiência em 8.412 pessoas e que foram submetidas a exames de ressonância magnética e medidas de pulsação cardíaca. Os resultados mostraram que as artérias não ficaram mais danificadas depois de beberem cinco ou 25 cafés diariamente, mesmo tendo em conta fatores como a idade, o peso e tabagismo.

Os especialistas dividiram as 8.412 pessoas em três grupos, com o primeiro grupo a beber menos de um café por dia, o segundo entre um e três cafés diários, e o terceiro mais de três chávenas de café por dia, sendo que algumas pessoas deste último grupo bebiam até 25 cafés por dia, embora o número médio de pessoas deste grupo fosse de cinco chávenas por dia.

Este estudo foi parcialmente financiado pela Sociedade Britânica do Coração (BHF na sigla inglesa), e foi apresentado numa conferência da Sociedade Britânica Cardiovascular (BHS) em Manchester. “Embora não possamos provar um nexo de causalidade neste estudo, a nossa investigação indica que o café não é tão mau para as artérias como os estudos anteriores sugerem”, refere o médico Kenneth Fung da universidade de Queen Mary.

Esta investigação está a gerar polémica já que estudos anteriormente divulgados sugerem a necessidade de reduzir drasticamente a quantidade de cafés ingeridos por dia, sob o risco das pessoas poderem vir a sofrer um acidente vascular cerebral (AVC).

Recomendadas

Siga estas dicas para aumentar a vida da bateria dos seus equipamentos

Um uso intensivo, num ambiente quente, também não é recomendável, pois a bateria pode sobreaquecer e provocar uma descarga mais rápida ou até mesmo danificar o equipamento.

Vai à Web Summit? Pode deixar moedas e notas em casa

A SIBS e a empresa-mãe da Web Summit renovaram a parceria pelo terceiro ano consecutivo.

Taxas Euribor caem a três e seis meses e sobem a 12 meses

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, desceu hoje para -0,365%. A Euribor a três meses também caiu, ao ser fixada em -0,398%.
Comentários