ViniPortugal coloca mais de 1.500 vinhos nacionais à venda em mais de 2.500 supermercados do Brasil

Portugal ocupa, desde 2016, a 2ª posição no ‘ranking’ de importação de vinhos no Brasil. No primeiro semestre de 2020, Portugal registou um crescimento de 16,8% no mercado brasileiro, com um aumento de 17,2% em volume e de 18,6% em valor. Estes valores deverão subir de forma significativa após esta parceria da ViniPortugal com a ABRAS – Associação Brasileira de Supermercados.

Regis Duvignau/Reuters

A ViniPortugal, plataforma de promoção dos vinhos nacionais nos mercados externos, está a lançar uma megaofensiva comercial no mercado brasileiro, colocando mais de 1,500 vinhos portugueses à venda em mais de 2.500 supermercados do Brasil.

Esta ação promocional decorrer de uma parceria com a ABRAS – Associação Brasileira de Supermercados, tendo-se iniciado ontem, dia 23 de outubro, e prolongando-se até 1 de novembro próximo.

A iniciativa designa-se ‘Festival Vinhos de Portugal’, “uma campanha promocional inédita que vai dar a conhecer mais de 1.500 vinhos de Portugueses em mais de 2.500 estabelecimentos das principais redes de supermercados de diferentes estados do Brasil, bem como nas duas maiores plataformas de ‘e-commerce’ de vinhos no país”, de acrodo com um comunicado da ViniPortugal.

Segundo esse comunicado, “aumentar o consumo e o conhecimento dos consumidores brasileiros sobre os vinhos de Portugal é o objetivo desta iniciativa focada em supermercados e lojas associadas da ABRAS”.

“De acordo com os dados disponíveis, a grande distribuição representa quase 70% das vendas de vinhos no Brasil e o setor foi responsável, em 2019, por 31% da importação e venda de vinhos portugueses no país. Perante as alterações nos hábitos de consumo trazidas pela pandemia de Covid-19, que levaram a um aumento nas vendas de vinhos na grande distribuição entre fevereiro e maio de 2020 face às restrições existentes em bares e restaurantes, a ViniPortugal identificou uma oportunidade para lançar esta campanha promocional exclusiva em supermercados, juntando-se à ABRAS para activar os seus estabelecimentos associados, alargando a oferta de vinhos portugueses disponíveis”, explica o comunicdo em questão.

Os responsáveis da ViniPortugal sublinham que, “durante o Festival, mais de 1.500 marcas de vinhos serão apresentadas por cerca de 200 produtores, que além de fornecerem as suas já tradicionais marcas, querem apresentar novidades”.

Para o Presidente da ViniPortugal, Frederico Falcão,”o consumidor brasileiro tem vindo a demonstrar interesse em conhecer novas castas, novas regiões e diferentes perfis de vinhos”.

“Portugal tem essa diversidade e variedade vitivinícola para oferecer, algo que não é desconhecido dos brasileiros, não só pelo histórico de iniciativas que temos vindo a desenvolver ao longo dos últimos anos, mas também pelo grande fluxo de turistas que elegem Portugal como o seu primeiro destino internacional. Por tudo isso, entendemos ser pertinente levar a cabo este Festival, ajustando-o ao momento atípico vivido actualmente, que não deve impedir de continuarmos a promover a qualidade dos vinhos portugueses mundo fora”, defende este responsável.

Recorde-se que Portugal ocupa, desde 2016, a 2ª posição no ‘ranking’ de importação de vinhos no Brasil. No primeiro semestre de 2020, Portugal registou um crescimento de 16,8% no mercado brasileiro, com um aumento de 17,2% em volume e de 18,6% em valor.

“Os supermercados participantes no ‘Festival Vinhos de Portugal’ vão contar com materiais promocionais exclusivos para os espaços reservados aos vinhos portugueses, enquanto mais de quatro mil operadores dos pontos de venda vão receber formação sobre os vinhos de Portugal, ministrada por Carlos Cabral, um dos mais experientes e reconhecidos profissionais do Brasil, com 50 anos de trabalho no sector do vinho e mais de 23 anos na formação de colaboradores especializados na seção de vinhos de supermercados de todo o Brasil”, adianta o comunicado da ViniPortugal.

Esta instituição acrescenta que “as principais redes de supermercados de diferentes estados já confirmaram participação no Festival, nomeadamente as insígnias Carrefour, Pão de Açúcar, Wall Mart – BIG, Cencosud, Supermercados BH, Irmãos Muffato, Zona Sul, Super Big, Makro Atacadista, Supermercado Guanabara, Supermercado Mundial e Giga Atacado.

Também lojas e importadoras como a World Wine, Empório Frei Caneca, Casa Santa Luzia, Superadega e Empório Vinhares também vão dedicar atenção especial aos vinhos portugueses.

Em paralelo, as duas maiores plataformas ‘e-commerce’ de vinhos do Brasil, Wine.com e Evino, vão realizar campanhas de promoção exclusivas de vinhos portugueses durante o Festival.

Ler mais
Recomendadas

Ministério da Agricultura lança novo aviso para candidaturas ao Vitis no montante total de 50 milhões de euros

O Ministério da Agricultura lançou um novo aviso para os agricultures em território nacional se candidatarem ao programa VITIS, um pacote com uma dotação global de 50 milhões de euros. Esta nova tranche do Vitis vai valorizar as vinhas em modo de produção biológico, a agricultura familiar e as vinhas históricas. “A ministra da Agricultura, […]

Vinhos portugueses exportaram 590 milhões de euros até setembro, uma subida de 2,4% em valor

Segundo a ViniPortugal, para o desempenho positivo registado nos primeiros nove meses deste ano contribuiu bastante o comportamento dos países terceiros fora do espaço da União Europeia, que estão a ter um crescimento de 21,6%, representando 317,5 milhões de euros. O destaque positivo das exportações vão para o Brasil, Estados Unidos, Reino Unido e Canadá.

CAP e Corteva vão financiar projetos inovadores das mulheres rurais em Portugal

Os três projetos finalistas recebem formação profissional e apoio na sua divulgação e a vencedora recebe um prémio de cinco mil euros para investir na implementação do seu projeto. O prazo de candidaturas vai decorrer até 7 de fevereiro de 2021.
Comentários