Vodafone e outras sete operadoras vão ajudar a União Europeia a ‘seguir’ o vírus

À “Reuters”, uma fonte da União Europeia explicou que a Comissão Europeia irá utilizar dados anónimos para proteger a privacidade dos cidadãos.

As operadoras de telecomunicações europeias estão a auxiliar Bruxelas a lidar com a pandemia que assola a Europa e o mundo. A Vodafone e outras sete empresas do setor concordaram em partilhar com a Comissão Europeia dados de localização dos telemóveis dos seus clientes para rastrear a propagação do novo coronavírus.

Além da ‘telecom’ com presença em Portugal estão envolvidas a Deutsche Telekom, a Orange, a Telefonica, a Telecom Italia, a Telenor, a Telia e a A1 Telekom Austria, que se reuniram no início desta semana com o comissário europeu da Indústria, Thierry Breton, de acordo com a informação divulgada esta quarta-feira pela GSMA.

À agência “Reuters”, uma fonte da União Europeia explicou que a Comissão Europeia irá utilizar dados anónimos para proteger a privacidade dos cidadãos, agregar informação de localização para coordenar as medidas de mapeamento do vírus e, assim que a crise sanitária terminar, eliminará os dados recolhidos das suas bases.

“A Comissão deve definir claramente o conjunto de dados que deseja obter e garantir transparência ao público, para evitar possíveis mal-entendidos”, solicitou a Autoridade Europeia para a Proteção de Dados (AEPD) numa carta enviada ao executivo comunitário, divulgada pela agência noticiosa.

“Também seria preferível limitar o acesso aos dados a especialistas autorizados em epidemiologia espacial, proteção de dados e ciência de dados”, explicou o jurista Wojciech Wiewiorowski, responsável pelo supervisor europeu dos dados (AEPD)

Em Portugal, as principais empresas de telecomunicações – NOS, Vodafone Portugal e Altice Portugal – uniram-se para apresentar ao Governo um plano para minimizar os impactos da pandemia de Covid-19 em no país, cujo objetivo primordial é assegurar as comunicações.

Ler mais
Recomendadas

PremiumJosé Eduardo Moniz está de saída da TVI e do Benfica

Vice-presidente das águias e até agora consultor da TVI vai trabalhar com plataformas de ‘streaming’ internacionais, deixando a televisão portuguesa.

KW Portugal tem novo Regional Director e vai acelerar abertura de ‘Market Centers’

Rui Coutinho tem experiência nas área do retalho e das relações externas e espera-se que impulsione a expansão prevista da empresa de formação e tecnologia especializada no ramo de mediação imobiliária.

PremiumNEC abre Centro de Excelência em Tecnologias Aeroportuárias em Portugal

Portugal acolhe primeiro centro de excelência em tecnologias aeroportuárias fora dos Estados Unidos. NEC Portugal ganha nova área de negócio para servir operação global da multinacional na aviação.
Comentários