Vodafone lança nova plataforma TV e box 4K

A Vodafone TV é o primeiro produto da operadora de telecomunicações de origem britânica a sair do Vodafone TV Hub de Lisboa, criado em outubro de 2016.

A Vodafone Portugal apresentou a sua nova plataforma de televisão, a Vodafone TV, esta quarta-feira, 17 de julho, criada a partir do centro de inovação Vodafone TV Hub, instalado em Lisboa. Está nova plataforma é suportada por uma nova box, a VBox 4K.

A Vodafone TV é a reposta da Vodafone Portugal ao objetivo de reforçar o seu posicionamento e personalizar a experiência televisiva dos seus clientes, de acordo com o que o diretor de marketing de consumo da operadora, António Margato, e o diretor da Vodafone TV Hub, Pedro Duarte, apresentaram hoje à comunicação social.

Para Margato, “os hábitos de consumo estão a mudar” e, por isso, a operadora procura acompanhar a tendência do mercado.

A nova plataforma de televisão da Vodafone Portugal foi desenvolvida e fabricada no país, sendo suportada pela VBox 4K. Um dispositivo mais pequeno e compacto, acompanhado por comando ergonómico com ligação bluetooth e Wi-Fi à nova box.

A nova box tem um design mais estilizado o que permite pensar em novas acomodações para o objeto nos lares dos clientes, sendo que os novos modos de ligação ao comando permite que a box não precise de estar visível junto apresentaà televisão. A VBox 4K tem um consumo de energia mais económico e apresenta um modo de poupança.

Além da nova plataforma de televisão ser suportada por uma nova box, os responsáveis da operadora apresentaram também novas funcionalidades nos seus serviços de televisão com a Vodafone TV, designadamente, pesquisa inteligente por voz e uma área de conteúdos dedicada às crianças (que inclui um sistema de controlo parental).

Há ainda um novo interface, “mais simples e intuitivo”, que permite um acesso mais imediato às aplicações instaladas, como HBO, Netflix e YouTube (que inclui o YouTube Kids ou Serviços Públicos)

Questionado sobre a nova pesquisa inteligente por voz, se seria possível gravar com o comando conversas fora do âmbito da televisão, Pedro Duarte explicou: “O microfone está sempre desligado e só é ativado por um botão, sendo que não há vozes ou conversas  gravadas”.

“O utilizador pode sempre desativar esta funcionalidade de comando por voz”, acrescentou”.

O reconhecimento de voz da nova funcionalidade é fornecido pela Google.

A Vodafone TV e a nova box estão já disponíveis para novos clientes novos clientes que aderiram aos pacotes de televisão elegíveis da operadora liderada por Mário Vaz.

Quanto a clientes atuais, só poderão aderir se subscreveram os novos pacotes de TV: Tv-Net-Voz-HBO; todos os pacotes convergentes Tv-Net-Voz e Móvel.

Quanto a preços dos pacotes elegíveis para subscrição, a operadora não vai encarecer os serviços ou por causa da nova plataforma de televisão ou por causa da nova box. O pacote que inclui o serviço da HBO tem o custo base de 36,90 euros para o cliente. Todos os outros pacotes convergentes têm preços a partir dos 51,90 euros.

Vodafone TV é o primeiro produto da operadora de telecomunicações de origem britânica a sair do Vodafone TV Hub de Lisboa, criado em outubro de 2016.

O Vodafone TV Hub de Lisboa foi o terceiro laboratório de inovação para o segmento de televisão a ser criado pelo grupo Vodafone. A partir da capital portuguesa, este centro de competências tem por objetivo, de acordo com o anunciado em 2016, “criar a televisão do futuro” para diferentes mercados.

O centro de inovção e competências para TV da Vodafone, em Lisboa, serve pelo menos oito mercados onde a Vodafone disponibiliza  ofertas de televisão: Portugal, Espanha, Roménia, Irlanda, Grécia, Alemanha, Holanda e Nova Zelândia. Trata-se de um universo de cerca de 500 milhões de potenciais utilizadores, um número idêntico à população da União Europeia

Em Portugal, além do Vodafone TV Hub, a filial portuguesa conta com outros dois centros que o grupo criou, o Atlantic NOC, para operações de rede, e o desenvolvimento de soluções IoT (Internet das Coisas).

Ler mais
Recomendadas

Trabalhadores em lay-off do Código do Trabalho duplicaram em agosto

O número de empresas que aderiram ao ‘lay-off’ previsto no Código do Trabalho atingiu 215 em agosto, mais 7% do que no mês anterior, e os trabalhadores abrangidos ascenderam a 7.789, duplicando face a julho.

Deutsche Bank quer fechar 100 balcões nos próximos anos na Alemanha

O Deutsche Bank possui atualmente cerca de 500 agências bancárias próprias, além das 800 da sua subsidiária Postbank, e, no final da reestruturação, pretende ter cerca de 400 balcões, sem adiantar quantos trabalhadores serão abrangidos por este processo.

António Horta-Osório alerta para a importância de manter a saúde mental

Num testemunho pessoal, o ainda presidente do Lloyds contou como a sua experiência permitiu a criação de programas de desenvolvimento pessoal e bem-estar mental para executivos e colaboradores do banco britânico.
Comentários